A LENDA DO CARTOLA, DO VOVÔ E DA GRALHA

Era uma vez um Cartola, um Vovô e uma Gralha. Um dia decidiram construir três casas. Cada um ia fazer a sua, para esconder-se da CBF, que era muito má e gostava de comer clubes de fora do eixo.

A Gralha encontrou logo tudo que precisava: – Eis aqui uma porção de bambus, cola e barbante. Com isto, vou construir uma casa muito boa!

O Cartola logo falou: – Um sopro da CBF chega para derrubar sua casa.

– Nada disso! Você está brincando? Minha casa vai ser muito forte!

Em seguida o Vovô exclamou: – Ei, irmãozinhos! Vejam que tábuas ótimas! A CBF não poderá derrubar uma casa feita com elas.

E o sábio Cartola advertiu: – Ora, com dois sopros a CBF derruba uma casa de tábuas! Mas se você quer, fique aqui para construí-la. Eu vou procurar coisa melhor.

O Cartola não tinha preguiça. Trabalhou muito tempo sem parar, para construir sua casa. Mas, quando terminou o serviço, a casa era sólida, feita de tijolos e cimento. E ele a chamou de Arena. A Gralha e o Vovô tinham muita inveja, queriam uma casa igual, mas eram muito preguiçosos e incompetentes para construir igual.

Um dia o Cartola precisou fazer uma reforma em sua casa, para que pudesse abrigar pessoas que viriam do mundo inteiro. E enquanto sua bela casa estava em reforma, pediu para ficar durante esse tempo na casa de um de seus irmãozinhos. Os dois o negaram pouso.

MORAL DA HISTÓRIA: Essa história ainda não terminou, mas podemos antecipar o fim. Em breve a CBF estará de passagem e sentirá cheiro de clube pequeno e fora do eixo, que é sua comida predileta, e com um ou dois sopros derrubará a casa da Gralha e do Vovô… E será que o Cartola os abrigará em sua Arena, ou deixará que seus irmãozinhos sejam devorados pela CBF má?

FIM.

Autor do post:
Guilherme Vieira dos Anjos

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post