A “zona” mais próxima

Danny Morais (D) cometeu um pênalti, sem a menor necessidade, que originou o gol do Corinthians

Tricolores, se não fosse o triunfo do Palmeiras sobre o Cruzeiro, o que nos deixou a quatro pontos da zona de rebaixamento,  até que o nosso resultado de ontem contra o Corinthians (1 a 1) no Pacaembu não foi tão ruim, pois não jogamos nada e só não perdemos porque o time paulista, cheio de reservas, jogou nitidamente em ritmo de treino e também não conseguiu traduzir em gols sua superioridade em campo. Para completar, tomamos um gol através de um pênalti extremamente infantil cometido por Danny Morais, num lance besta que não daria em nada. Felizmente Fahel conseguiu empatar com uma bela cabeçada. Agora é encarar para vencer o Grêmio na próxima rodada, mas, antes disso, torcer hoje contra o Sport, que enfrenta o Atlético-GO.

O JOGO – Mesmo entrando com quatro volantes, o Bahia permitiu que o Corinthians quase sempre trocasse passes com facilidade, rondando a nossa área e, para piorar, como no meio ninguém conseguia articular uma jogada sequer, nossos atacantes ficaram completamente isolados, já que a bola não chegava. Apesar disso, o time paulista não conseguiu criar tantas chances e a partida até ficou um pouco equilibrada no seu início. Aos nove minutos, Welder acertou bom chute, que Marcelo Lomba defendeu. A partida seguia meio truncada e, aos 10 minutos, num lance imprudente e sem a mínima necessidade, Danny Morais tentou tirar a bola do pé de Guilherme do Corinthians na área, num lance sem perigo algum, e acabou atingindo o adversário: pênalti cobrado e convertido por Douglas.

Após esse gol, o Timão passou a dominar completamente as ações, mas com chutes sem perigo. O Bahia tentava se acertar. Gabriel fez um arremate cruzado pelo lado esquerdo, que não deu em nada. Numa cobrança de falta feita por Neto, Fahel desviou pro gol sem perigo. Porém, aos 32 minutos, Kléberson cobrou falta na área e Fahel mandou de cabeça para empatar o jogo. Depois o Bahia ainda teve uma escapada de Jussandro, que cruzou para a cabeçada pra fora de Elias.

O segundo tempo foi todo do Corinthians, que só não venceu porque não conseguiu traduzir em gol o infinitamente maior volume de jogo. Nossa equipe não passava do meio campo, não criando praticamente nada. A destacar apenas uma bola em que Elias entrou pela direita e chutou cruzado pra fora. Mas o Timão numa bola tocada de cabeça na área quase marca, com Lomba salvando com os pés. Depois, Guilherme mandou o canudo da entrada da área, Lomba fez boa defesa, e Guerreiro, impedido, pegou o rebote e mandou para o gol, sendo o lance corretamente anulado. Tivemos no final um cruzamento em que Rafael Gladiador tocou de cabeça pra fora. Por tudo que aconteceu na partida, ganhar um pontinho até que foi bom. O problema foi que o Palmeiras venceu e reduziu a diferença para quatro pontos em reação ao Z4. Só nos resta vencer o Grêmio no sábado.

A atuação do nosso time indica que, caso titulares como Hélder e Souza não voltem logo, teremos sérios problemas para enfrentar os próximos jogos. Não temos peças de reposição e alguns jogadores que até a gente leva fé, como Gabriel e Zé Roberto, não correspondem quando mais precisamos. Eles dois neste jogo foram figuras apagadíssimas. Danny Morais foi outro. Ele vinha fazendo um ótimo segundo turno e, de repente, voltou a cometar falhas, como no jogo passado, quando não acompanhou o atacante do Palmeiras que fez o gol  e, ontem, cometendo um pênalti sem mínima precisão que originou o gol do Timão. Ainda bem que temos uma semana para preparar a equipe visando ao jogo contra o Grêmio, ou seja, temos mais uma semana para recuperar os contundidos e, com eles jogando, recuperar o bom futebol e o caminho dos triunfos.

Autor do post:
Kleber Leal

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

1 Comentário

  • mizael

    É uma vergonha esse time, mesmo assim vem fazendo bons jogos por isso Caio Jr, pegou as malas e se mandou. Temos que dá parabéns ao Jorginho e sei que em 2013, ele vai cai fora, pois é complicado um elenco tão ruim, nem com gramado molhado se chuta de fora da área, está dificil.
    Os cara ganham para isso e fazem bem e todo mes suas contas estão bem gordas jogar pra quê?
    Nós que vamos ao estadio, pagamos caros ingressos não temos a quem recorrer, pena!