Corinthians é o favorito. E daí????

Tricolores, não podemos deixar de reconhecer que o Corinthians, atual campeão da Libertadores, é o favorito para o jogo de hoje contra o Bahia em Pituaçu, mas isso não quer dizer que a partida está perdida. Jogamos nos nossos domínios, estamos vindo de um grande resultado fora de casa, nosso torcedor voltou a se motivar e temos tudo para ignorar esse favoritismo e conquistar um grande triunfo. Nós, torcedores, temos que fazer a diferença e transformar Pituaçu em um autêntico caldeirão, incentivando nossos jogadores a conquistar os três pontos.

Como diz o ditado, “futebol é 11 contra 11 e não se ganha de véspera. Se ganha no campo”. Contra o Palmeiras, na última quarta-feira, todos achavam que perderíamos facilmente, mesmo o time paulista tendo desfalques importantes. Mas o que se viu foi um Bahia aguerrido, com Zé Roberto matando a pau e Souza brocando. Demos 2 a 0 merecidamente. Hoje não temos Zé Roberto, Souza Ciro, Mancini, Kléberson, Gabriel e Lulinha, mas em compensação Ávine volta ao time e Vânder fará, com Zé Roberto, a dupla de meias ofensivas que, se tiver no dia, tem tudo para dar certo. O fundamental é que todos os jogadores atuem com raça, determinação e vontade de vencer.

Vamos todos a Pituaçu incentivar nossa equipe para essa difícil partida. Sei que muita gente está chateada com a campanha que o Bahia está fazendo, mas agora é a hora de darmos aquele apoio necessário para a coisa ser revertida. Aliás, ela já começou a mudar no triunfo contra o Palmeiras, com a estréia do técnico Caio Júnior e a entrada de jogadores que estavam esquecidos, como Ciro, Lulinha e o próprio lateral Gil Bahia, que fez sua estreia. Vamos torcer para que Zé Roberto volte a jogar bem, Ávine recomece a mostrar o grande futebol que tem, Vânder desequilibre, enfim temos muitas armas a ser utilizadas contra o Corinthians, que é um time que joga feio mas com muita eficiência e muitas vezes é beneficiado por erros de arbitragem. Temos que superar tudo isso para ganhar esses três pontos importantíssimos.

Autor do post:
Kleber Leal

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post