E nosso ataque?

Jones Carioca e Elias (foto) são opções para subsituir Gabriel, que na última quarta cedeu lugar a Lulinha

Tricolores, um dos fatores que determinaram a melhora do Bahia no Brasileirão foi o fato de passar  jogar ofensivamente, filosofia implantada pelo treinador Jorginho. Com Souza mais avançado e Gabriel fazendo o papel de atacante de beirada, nosso sistema ofensivo, em dois jogos, marcou quatro gols, garantindo dois triunfos seguidos, o que nos fez sair um pouco do sufoco em relação à tabela de classificação. Acontece que, com a contusão de Gabriel, que deverá ficar cerca de 20 a 30 dias parado, a equipe, já no jogo contra o Galo, começou a mostrar deficiência ofensiva, já que o substituto, Lulinha, não foi bem e Souza ficou completamente isolado. Sem ser tão importunado na sua defesa, o time de Minas foi pra cima no segundo tempo e por pouco não saiu com os três pontos.

A preocupação agora é saber quem será o companheiro de Souza no ataque nos próximos jogos, pois, além de Lulinha não ter ido bem, as opções que foram usadas quarta-feira (Cláudio Pitbull e Caio) são jogadores que não têm velocidade e ainda estão fora de forma. Para fazer a função de homem de beirada no ataque, o cara precisa ser veloz, chutar bem e ser acostumado a dar assistência aos colegas. Um jogador que tem esse perfil seria Vânder, mas lamentavelmente  ele está em litígio com clube e dizem que deve ir para o rival no final da temporada. Um absurdo esse desdém da diretoria com o jogador. Gente, ele é um prata da casa que investimos para formar e agora vamos dar de mão beijada aos outros??? Sei que, desde que retornou do Flamengo, ele não conseguiu reeditar as grandes atuações que sabemos que pode ter, porém a verdade é que não teve uma sequência de jogos que, por exemplo, Jones Carioca teve e não aprovou. O Bahia precisa ter com os jogadores da casa a mesma paciência que tem com os de fora.

Sem poder contar com Gabriel nem Vânder, o negócio é torcer para que Lulinha consiga mostrar um futebol mais eficiente, para que Jones Carioca apresente alguma coisa ou até mesmo para que Elias, que estava contundido e jvoltou a treinar, possa entrar no time e se transformar num grande parceiro para Souza. Nosso ataque precisa voltar a funcionar para que o time volte a entrar na curva ascendente de boas atuações e continue obtendo grande resultados neste Campeonato Brasileiro.

Autor do post:
Kleber Leal

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post