Hoje é “guerra”

Tricolores, uma verdadeira guerra vamos encarar hoje em Pituaçu, contra o Grêmio. Por isso, precisamos armar  adequadamente todas as nossas tropas para enfrentar um inimigo difícil de ser batido, mas que não é invencível. Eles lutam para avançar para o alto da tabela, nós lutamos para nos livrar da parte de baixo. Nos 90 minutos de combate, nossa Tropa Defensiva terá Marcelo Lomba, Neto, Danny Morais, Titi e Jussandro; o miolo da tropa não terá um soldado importante (Fahel), mas vamos torcer para que seu substituto (Fabinho) possa ocupar bem sua função; esse miolo será complementado por Diones e o surpreendente Hélder, que no momento é nosso melhor soldado e volta após se recuperar de uma baixa. O setor será complementado por nosso soldado Gabriel, que está devendo um melhor desempenho e isso tem tudo para acontecer hoje.  Na parte da frente da tropa, nosso grande artilheiro Souza está de volta, representando um perigo para o inimigo. Ao lado dele, o cabdo Jones Carioca está disposto a reeditar a grande performance de outros combates em que saímos vencedor.

Essa batalha de hoje é uma revanche do primeiro confronto contra esse inimigo, na Guerra do Brasileirão. Por falar nisso, nesse primeiro embate, nós perdemos por “interferências externas”, pois quem deveria ter uma atitude de mediação no confronto (a arbitragem) acabou tomando partido e favorecendo os soldados gaúchos. Este ano também perdemos duas outras batalhas contra eles, pela Copa do Brasil. Perdemos, portanto, três batalhas, mas a guerra não. A guerra contra esse inimigo acaba hoje e vamos com tudo para derrotá-lo, mesmo sabendo das dificuldades que vamos enfrentar.

A convicção de que o triunfo é possível vem do fato de podermos usar também nossa arma principal: o apoio de milhares de soldados integrantes da nossa querida Nação Tricolor. Pois é, Nação Tricolor, quem ainda não se alistou para essa guerra, tem que fazer isso urgente, ir para o campo de batalha de Pituaçu comprar o ingresso e ajudar os guerreiros tricolores a superar esse  inimigo, que tem boa artilharia e soldados muito preparados, mas que pode ser perfeitamente batido em nosso território. Vamos lá, Bahêa!!!!.

Autor do post:
Kleber Leal

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post