Não foi o nosso dia

Apesar da eliminação, nossos garotos do time sub-19 estão de parabéns e honraram a camisa do clube

Tricolores, o futebol prega cada peça!!! Lamentavelmente, mesmo com a melhor campanha na competição, estamos eliminados da Copa São Paulo, após empatarmos no tempo normal em 1 a 1 e perdermos nos pênaltis pro Goiás, que atuou boa parte do jogo com um atleta a menos. Nós ainda perdemos um pênalti no tempo normal. Railan, um dos nossos destaques, desperdiçou a penalidade, mesmo cobrando duas vezes. Na disputa de pênaltis, tomamos 3 a 0, desperdiçando nossas três cobranças. Ontem foi aquele dia em que nada dá certo e, por isso, não podemos culpar ninguém pela derrota, afinal nossa base saiu de cabeça erguida, pois revelou jogadores do quilate do goleiro Renan, do lateral Railan, do volante Feijão, do atacante Ryder dentre outros, que poderão num futuro bem próximo nos ajudar muito atuando nos time principal. Todos eles estão de parabéns pelo que mostrou no torneio.
Agora é esperar que nossos dirigentes e comissão técnica tenham carinho por esses meninos e dêem oportunidades, no momento certo, para que eles possam mostrar seu futebol e se firmar entre os profissionais. Talento, eles estão provando que têm. O que falta é ter critérios para ir lançando-os aos poucos, dando efetivamente chance para que eles se firmem. Não podemos ter tanta pressa com esses garotos, nem lançá-los no fogo, com o time mal das pernas. Não podemos também negociá-los sem sequer testá-los, como aconteceu recentemente com o meia Fábio Gama, que foi superbem na campanha do vice-campeonato da Copinha de 2011 e nunca jogou no time principal, sendo emprestado este ano ao Botafogo de Ribeirão Preto. Enfim, precisamos valorizar e dar as chances que eles merecem para entrar no time principal.

NORDESTÃO – Como se fala no futebol, tabu é feito pra ser quebrado. E está na hora de vencermos o ABC no Estádio Frasqueirão, onde, em quatro partidas, perdemos as quatro. Vamos jogar com raça e confiança, respeitando o adversário, mas impondo o nosso ritmo, sem medo algum. Temos todas as condições de fazermos um bom jogo e sair com os três pontos do caldeirão potiguar. Hélder, que foi um dos nossos destaques no ano passado, está de volta, no lugar do contundido Kléberson, sendo esta a única novidade no time. Vamos torcer para que Ânderson Talisca volte a jogar bem, Magno também, e que nosso condicionamento físico comece a dar sinais de melhora para que a equipe possa mostrar um rendimento satisfatório e isso nos ajude também a obter o triunfo.

Autor do post:
Kleber Leal

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post