Não podemos confiar no Náutico

No primeiro turno, o Bahia empatou com o Atlético-GO, por 1 a 1, em Pituaçu

Tricolores, dois fatores que nos levam a crer que o Náutico não se importará de modo algum se o Sport vencê-lo no próximo do domingo no Estádio dos Aflitos são a rivalidade entre baianos e pernambucanos e o fato de o alvirrubro de Recife ter o zagueiro Alyson e o técnico Gallo, dois profissionais que simplesmente detestam o Bahia, porque saíram daqui brigados com nossa diretoria. Sem contar que o Timbu vem caindo de produção e o Leão pernambucano está em franca ascensão. Outra coisa que deve ser levada em consideração é que a rivalidade ferrenha em Pernambuco é entre Sport e Santa Cruz, sendo Sport x Náutico muito mais light. Portanto, meus amigos, o Bahia precisa fazer a parte dele, contra o Atlético de Goiás, lutando muito para não perder o jogo, pois não podemos esperar nada desse tal Náutico.

A nossa diretoria precisa reunir os jogadores e alertá-lo para a necessidade de não perder a partida contra o time de Goiás, pois isso pode levar a equipe a cair para Série B se o Sport vencer, o que será uma tragédia para todos nós. Uma injeção financeira para os atletas tricolores é outra coisa que pode ser feita e até mesmo dar mala branca para o Náutico, porque, dessa forma, de repente ele pode até se esforçar para vencer o co-irmão Sport. De qualquer maneira, será fundamental fazer a nossa parte para não depender de ninguém. Nosso jogo deve ser muito difícil pois o Atlético vem jogando bem e entrará motivado por uma possível grana que o Sport dará para ele nos vencer. Vamos torcer para nossa equipe reencontrar o bom futebol que apresentou em alguns jogos do segundo turno para que nós consigamos um dos resultadoss que nos interessam:empate ou triunfo.

Autor do post:
Kleber Leal

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post