O “Day after”

Tricolores, o “dia seguinte”  após a tragédia de domingo contra o ABC fez com que o Bahia ”lavasse a roupa suja” em público. Os jogadores revelaram que estão com três salários atrasados, dois meses mais o 13º, o que é um absurdo, uma falha da administração do nosso clube. Nenhum trabalhador fica satisfeito com isso e jogador de futebol,  mesmo tendo um salário infinitamente superior à grande massa trabalhadora, também fica “p” da vida com a situação. Não importa se ganham  50, 100 mil, pois cada um tem um padrão de vida no patamar do salário que recebe.

Por muito que os jogadores neguem que esse atraso não interfere na produção em campo, essa situação faz com que a motivação e o rendimento do time caiam e a equipe naturalmente não se esforce tanto. Atraso de salário é um dos maiores motivos de derrotas em qualquer time de futebol. Não tem cabimento algum o Bahia jogar tão mal contra equipes tão ruins tecnicamente. É certo que precisamos nos reforçar bastante, pois o time tem muitas carências, mas as atuações que nosso time vem tendo contra adversários de segundo nível refletem com certeza a atual situação financeiro por que o elenco está passando. A diretoria precisa urgentemente resolver essa situação.

 

O argentino veio pra ser nosso camisa 10

ROSALES APRESENTADO  – Um método antigo para se aliviar o momento negativo de uma equipe é apresentar contratações, que muitas vezes aliviam a ira do torcedor. E o Bahia fez isso ontem, ao finalmente apresentar o meia argentino Paulo Rosales, que veio do Idependientese, pelos vídeos, é um jogador muito criativo e que poderá mos ajudar bastante. É de uma posição extremamente carente no time, que precisa de muito mais para começar a apresentar um futebol convincente e vencedor. Precisa de outro meia de criação, de um bom lateral-esquerdo, tem que concretizar logo a contratação de Adriano Michael Jackson. Enfim, tem que formar um bom elenco pois um time não se resume apenas a 11 titulares. Tem que ter suplentes à altura para que eles possam suprir sem problemas a falta de algum titular que não possa atuar. Mas nada disso adiantará se não forem dadas as condições necessárias para os jogadores ganharem motivação para atuar. E, para isso, deixar os salários em dia é fundamental. Portanto, a diretoria precisa para ontem resolver a situação do pagamento dos jogadores e tratar de reforçar o time porque, se no Nordestão já estamos com fdificuldades, praticamente eliminados, imagina na Copa do Brasil e no Brasileirão????

Autor do post:
Kleber Leal

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post