Qual a novidade de a arbitragem ajudar o Flamengo?

Erros de Francisco Carlos do Nascimento já beneficiaram o Flamengo duas vezes neste Brasileirão

Tricolores, sei que todos vocês, assim como eu, ainda lamentam a derrota do Bahia diante do Flamengo no último domingo, principalmente porque houve um pênalti, que só o juiz Francisco Carlos do Nascimento (AL) viu, a favor do Flamengo. Mas qual é a novidade de a arbitragem beneficiar o rubro-negro carioca. Esse mesmo árbitro já beneficiou o Urubu no jogo contra o Santos, marcando um pênalti que o mesmo Íbson simulou e ele foi na onda. O Flamengo fez o gol e venceu por 1 a 0 O problema é que a CBF não toma nenhuma providência para punir esses juízes incompetentes.  O bom senso mandava que esse cidadão no mínimo não marcasse jogos do Flamengo por algum tempo.

Temos que nos acostumar porque, na dúvida, geralmente os árbitros decidem a favor dos times do Sul-Sudeste, principalmente se tiver Flamengo e Corinthians jogando. Ao longo da história o que esses dois times foram favorecidos não está em nenhum gibi. Como bem diz o jornalista Milton Neves, são os “Reis do apito amigo”. Para se ter uma ideia, o maior título da história do Flamengo foi a Libertadores de 1981 e, na semifinal, o time carioca foi decisivamente ajudado pela arbitragem, que expulsou, num jogo extra em Goiás, quase todos os jogadores do Atlético Mineiro, num absurdo jamais visto no futebol nacional.

Não posso deixar de reconhecer que ganhamos o jogo contra o Sport este ano com ajuda de arbitragem. Mas só nos beneficiaram porque foi contra o Sport. Se fosse contra um time do Rio ou São Paulo eu duvido que isso acontecesse. Contra o Vasco tivemos um pênalti a nosso favor que o juiz ignorou. Ano passado também fomos prejudicados em vários jogos.

O que temos que fazer é mostrar um futebol que possa vencer os times mesmo que estes sejam beneficiados por erros de arbitragem. O juiz foi decisivo contra nós no jogo de domingo, mas o que realmente complicou foram as inúmeras chances de gols que desperdiçamos. Fomos incompetentes. Se tivéssemos convertido, daríamos uma goleada histórica no Flamengo, que jogou como um time pequeno, acuado e nos venceu porque foi mais eficiente nas únicas chances de gol que tiveram. Foi vergonhoso perder para esse time do Flamengo, que nem de longe lembra algumas belas equipes que o time da Gávea já formou.

Autor do post:
Kleber Leal

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post