Que Michael Jackson repita 2010

Em 2010, Adriano imitou Michael Jackson muitas vezes

Tricolores, quando Adriano Michael Jackson chegou aqui em 2010, veio como uma aposta, que poderia ou não dar certo.  Por incrível que pareça, ele foi revelado por nossa divisão de base, porém não teve oportunidade no time de cima e foi embora. Angioni trouxe o jogador do América do Rio, e lembro bem que na época eu pedi opinião sobre ele ao colega Márcio Meneses, americano roxo, que conhecia bem o jogador, até porque tinha sido assessor de imprensa do alvirrubro carioca na época que Adriano atuou por lá. Ele revelou o verdadeiro motivo de o atleta ter o apelido do astro pop: quando estreou no América, pela segundona carioca de 2009, estava fazendo muito frio no Rio e Adriano jogou com luvas brancas. Por isso a torcida começou a chamá-lo de Michael Jackson e ele aproveitou a deixa e passou a imitar a dancinha do artista toda vez que fazia gol.

No Bahia em 2010, Adriano foi sendo lançado aos poucos. Primeiro no time B, onde começou a se destacar com gols e belas jogadas. Não demorou muito e ele foi para o time principal, que disputava a Série B. Jogo a jogo foi evoluindo, atuando bem e marcando gols de todo o jeito: pé direito, pé esquerdo, de cabeça, na raça, por cobertura, de balãozinho, entrando em velocidade pela defesa adversária, enfim, mostrou-se um atacante versátil e muito eficiente, caindo nas graças da torcida e sendo um dos nosso destaques na conquista do acesso naquele ano. Fez com Jael uma dupla impecável e harmônica, que todo mundo sente saudades.

Com o desejado retorno de Adriano, todos nós vamos torcer bastante para que ele repita a grande performance que teve em 2010, voltando a ser aquele jogador que fazia a diferença no ataque e deixava qualquer adversário apavorado quando enfrentava o Miserê, como ele também gosta de ser chamado. Tenho muita esperança de que ele realmente demonstre o futebol que encantou a todos e nos ajudou bastante a voltar à Série A do Brasileirão. Que ele agora nos ajude a conquistar o título do Baianão, o título da Copa do Brasil e a fazer grande campanha no Campeonato Brasileiro.

Autor do post:
Kleber Leal

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post