Rádio Metrópole divulga que o capitão Titi vai para o Palmeiras

O capitão Titi é ídolo da Nação Tricolor e vai deixar saudades

Tricolores, enquanto o normal é um clube começar a reforçar o time entre o final de uma temporada e o início da outra, o Bahia está fazendo o contrário. Além de não contratar ninguém, acaba perdendo os jogadores que se destacam, como aconteceu em 2010, com a perda de Adriano Michael Jackson e Fábio Bahia, e em 2011, com a perda do zagueiro Paulo Miranda, só pra citar alguns exemplos. Agora, vem a notícia, divulgada pela Rádio Metrópole, de que o zagueirão Titi, nosso capitão, está indo para o Palmeiras por míseros R$4 milhões, uma situação revoltante e que nos deixa muito tristes. O valor é muito baixo para a qualidade do jogador, um guerreiro, raçudo, eficiente, técnico e que caiu nas graças da torcida desde que chegou aqui no ano passado, sendo inclusive apontado por Fred, atacante do Flu-RJ, como um dos melhores homens de zaga do Brasil. Além disso, como já postei anteriormente, Titi é o melhor zagueiro do nosso elenco, o único que merece a titularidade em 2013, pois os outros (Danny Morais, Lucas Fonseca e Alisson), para mim, seriam reservas, havendo a necessidade de contratar mais um com a mesma qualidade de Titi. Agora, com a saída do Titibull, nosso time precisa contratar mais dois porque, do contrário, vamos ter problemas na posição.

A diretoria do Bahia teria que redobrar esforços para segurar o jogador, tão importante no nosso elenco. Seria o caso de dar uma maior valorização a ele para que ficasse conosco, como fazem os outros times grandes. O Atlético Mineiro conseguiu segurar Ronaldinho Gaúcho num esforço enorme e continua reforçando a equipe. Tudo bem que o Galo vai disputar também a Libertadores, mas isso não importa. O Coritiba conseguiu segurar seus principais jogaores e ainda contratou a estrela Alex. Nossa diretoria precisa pensar grande, pensar alto, e esse pensar alto significa armar um time forte, procurando manter nossoa destaques e reforçar cada vez mais o plantel. A perda de Titi será muito difícil de ser recuperada até porque, insisto, o jogador foi negociado por um valor irrisório e foi para um time que, apesar de grande, disputará a Série B, embora também tenha a Libertadores também para disputar.

A realidade é a seguinte: se aparecer proposta para qualquer jogador do Bahia, por qualquer valor, a tendência é que eles sejam vendidos, como aconteceu com os juniores Filipe e Paulinho recentemente e agora com Titi. O próximo deve ser Gabriel. Por isso, vou torcer muito para que não apareça  nenhum clube ou empresário interessado em Marcelo Lomba, Fahel, Hélder, Diones ou Souza, para que nosso time não seja desmantelado de vez.

Autor do post:
Kleber Leal

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post