Tristeza e alegria nos últimos dias

Feijão (E) comemora, com os compnaheiros, o gol do triunfo do Bahia

Tricolores, os últimos dias nos mostraram motivos de profundas tristezas e muitas alegrias. Na última terça-feira, na Assembléia Geral do Clube. a tão sonhada abertura política não aconteceu, apesar do protesto de torcedores na antiga sede de praia, local da reunião. Embora a partir da próxima eleição para presidente o sócio-torcedor possa votar, desde que pague extra uma taxa mensal de sócio-patrimonial, nos deixa tristes a manutenção da eleição do Conselho Deliberativo sem ser proporcional. Se passasse a ser proporcional, cada chapa poderia indicar seu candidato, de acordo com o número de votos, e isso contribuiria muito para democratizar o clube. Sem alongar muito nesse tema que irrita toda a Nação Tricolor, lamentavelmente uma renovação no nosso clube fica cada vez mais difícil, pois a direção atual tem o apoio da maioria do Conselho. Só nos resta é esperar para ver o que vai acontecer daqui para frente. O certo é que os homens que dirigem o nosso tricolor precisam entender que precisam ser mais eficientes para administrar melhor nossas coisas, do contrário teremos sérios problemas daqui para frente.
Se na terça tivemos essa notícia extremamente desagradável, ontem, pela Taça São Paulo de Futebol, nosso time sub 19, confirmando a grande campanha que vem fazendo, eliminou o poderoso Corinthians, vencendo por 1 a 0, gol do volante Feijão, passando agora para as oitavas de final, quando enfrentará a o Juventude de Caxias. Até agora foram quatro jogos, quatro triunfos, 12 gols pró, 0 gol contra. O bom de tudo isso é que estamos demonstrando que nossa divisão de base tem muita qualidade e muitos desses jogadores, num futuro bem próximo, poderão integrar com sucesso o elenco profissional, desde que sejam lançados com critério e no momento certo.

Autor do post:
Kleber Leal

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post