Vamos analisar as palavras de Ávine

Ávine cobrou diálogo no elenco

Tricolores, o fato de o Menino Maluquinho Ávine, por causa do mau momento do Bahia, falar, publicamente, que o time precisa parar para conversar, indica que o grupo pode estar dividido, o que é uma pena e um fato muito grave para um time de futebol, cuja harmonia do conjunto, com bastante diálogo, é fundamental para o sucesso. O lateral-esquerdo Ávine é um rapaz revelado por nossa divisão de base, que já demonstrou muito amor pelo Tricolor de Aço. Foi lançado em 2006 numa verdadeira fogueira, com o time passando também por um mau momento. Ralou na Série C em 2007, ajudando o Bahia  a subir, e fez sua parte de forma decisiva para o acesso à Série A de 2010. Atualmente tenta recuperar a forma.

A relação de Ávine com o Bahia, portanto, vai muito mais do que estritamente profissional Ele realmente se preocupa com nossa situação porque quer ver o bem do clube e não deseja de forma alguma que nossa agremiação faça campanhas ruins, muito menos que fique na zona de rebaixamento ou seja rebaixado.

Após a declaração de Ávine, muitos jogadores se manifestaram, afirmando que o Menino Maluquinho está equivocado e que, quando o time começar a ganhar, ninguém vai achar que o elenco precisa conversar. Mesmo com essa negativa, cabe à diretoria intervir, ver se realmente há foco de inimizades ou falta de união no elenco para que providências sejam tomadas visando acabar com esse tipo de situação, que só causa prejuízo.

Autor do post:
Kleber Leal

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post