Inventando culpados

Chegamos a mais uma reta final de Campeonato Brasileiro com muitas promessas e pouca realidade. O time forte tão sonhado e prometido para 2012, depois dos vexames de 2011 não chegou. E agora as promessas para 2013 começam a se repetir.

Repete-se também a mania de inventar culpados. O nosso querido presida voltou a esbravejar com a arbitragem. Não que ele não tenha razão, as colocar o ano frustrante nas contas dos apitadores é vergonhoso. Tívessemos um atacante

o bosta

Um dos verdadeiros culpados

que marcasse gols, não precisariamos de nenhuma penalidade não marcada.

Faltou competência de novo. De todos os envolvidos, principalmente da diretoria. Não entregaram o time que prometeram. Não trouxeram os reforços prometidos após os vexames do inicio do ano. Ah, até o Palmeiras B tá vencendo na Sulamericana. E nós lamentando mais uma oportunidade perdida.

O Botafogo deste ano era um time para brigar para não cair e não para lutar pelo G4, quiçá um título. O elenco estava fechado antes mesmo do presidente anunciar. As contratações que fizemos foram todas apostas. Nenhuma certeza. Por sorte o Seedorf foi uma aposta que deu certo.

Já o resto não podemos falar. Nossa defesa continua a mesma porcaria do último ano. Só não faz gol quem é mais incompetente que o nosso ataque. E isso é bem difícil. Nossos artilheiros são meias e nossa esperança de gol o bosta do Elkeson. Ser que ganhou meu desprezo depois da atitude ridícula de fazer um gol e sai batendo no peito dizendo eu sou foda. E enfrentando a torcida.

Não adianta ficar agora inventando culpados externos. O problema do Botafogo está dentro do Botafogo.

Autor do post:
Tadeu Rover

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post