Empate moral!

Salve Geraldinos!!!

Perdemos, é verdade, mas nada melhor do que sair de um jogo destes com a cabeça pra cima. O Corinthians foi melhor o tempo todo, o jogo todo…  Só não ganhou por que não deixaram. Fomos roubados na mão grande e na cara larga!

Que os leitores daqui não sejam idiotas suficientes para acreditar em manipulação de resultados. Ou, que o bandeirinha teve intenção de não anular. Os caras são fracos, sempre foram. E desde sempre os erros (cada vez mais escandalosos) estão acontecendo. Quando se é o prejudicado a dor é grande, mas faz parte do jogo.


Em campo, vi um Douglas e Guerrero, muito dispostos a resolver a parada. O que faltou foi um pouco mais de sorte ao menino Romarinho. Fez o que tinha de ser feito. Colocado ou com força, obrigou ao goleiro adversário trabalhar bem.

E, na nossa maior qualidade, erramos. A falta dos dois comandantes da zaga fez com que a nossa zaga perdesse o EQUILIBRIO. O primeiro gol deles era clássico após o primeiro drible, o derrubador de técnico seria tranquilamente levantado do chão aos pontapés pelo Chicão. Mas o xerife não estava lá. Na conta do estreante Guilherme nada deve se por. Foi muito bem, fez o que tinha que fazer e logo na estreia meteu um “Você nunca terá o Corinthians”. Promissor começo do ala-volante-zagueiro.

Martinez caindo na graça da galera. Mais ofensivo e participativo atacante do Corinthians. Já merece uma vaguinha de titular. Apostaria nele e na volta do Sheik pro próximo jogo. E cada vez fica mais provado que o problema não é o nome do centro avante, e sim, o jeito que o time joga. Guerrero vai bem, mas não consegue marcar. Como Elton, como Liédson…
Pro campeonato perder na Vila é normal. Normal não é perder pontos em casa pra Figueirense, Portuguesa e Atletico Goianiense.

E que venha a freguesia. No Pacaembu lotado, só falta saber de quanto o Corinthians vai ganhar…!!

Vaaaaaaaaaaaaai Corinthians!

Autor do post:
Sandro Terranova

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post