Eternamente em nossos corações

Tentarei ser um pouco racional neste texto para falar de merecimento, para falar de trabalho realizado glorificando esta conquista. O Corinthians é Campeão Mundial da FIFA 2012. Aliás, Bi Campeão Mundial, 2000 e 2012.

Começo com as palavras de Andrès Sanches que em 2007, no final daquele brasileirão fatídico, disse: Se você quer tirar um sarro ou zoar com o Corinthians, que faça agora, pois daqui em diante ninguém terá mais motivos para isso.

Não é a primeira vez que cito estas palavras em meus textos, pois de fato me marcou. Eu absorvi esta frase com muita emoção e tentei pensar em como que o Corinthians sairia daquela situação. Por mais que a emoção inundava meu rosto, a razão me mostrava que aquela situação desastrosa só seria solucionada com o apoio da nação, ou seja, me senti totalmente responsável em ajudar o meu clube de coração a dar a volta por cima.

No mesmo instante entrei na internet e fiz meu Fiel Torcedor.

Pois bem, o restante da história racionalmente falando está aí, coroado com dezenas de momentos felizes, alguns tristes, mas todos emocionantes. Termino aqui minha parte racional do texto e inicio agora minha parte escrita com o coração. O coração corinthiano que hoje bate mais forte que qualquer outro coração do mundo.

Mundo este que viu a Fiel invadir um país do outro lado do mundo e transformá-lo com uma cultura totalmente diferente da nativa. Uma cultura inspirada por loucos movidos por uma paixão mundial e mais forte ainda no país do futebol. Uma torcida que invadiu aeroportos, cidades, bares, restaurantes e mobilizou milhões de pessoas no Brasil e no mundo. Um poropopó no trem bala para uma aglomeração na porta do estádio, o corinthiano transformou Yokohama e Toyota em uma São Paulo, transformou os estádios japoneses num Pacaembú.

Este mundo viu os jogadores do clube inglês chorarem a derrota, por mais que torcida e imprensa inglesa não desse importância cultural para o torneio. Este clube inglês atual campeão da UCL que eliminou Barcelona e Bayer para chegar aonde chegou, um clube considerado um dos mais ricos do mundo, com jogadores que custam milhões de euros, sucumbiu à fiel. Admirou-se pelo fanatismo e a loucura de nossos “fãs”.

Este mundo viu um time que jogou de igual para igual, fazendo com que a final fosse uma das mais disputadas dos últimos dos últimos anos deste torneio. Um time bem treinado, inteligente, que teve muita posse de bola, que soube trabalhar as jogadas, que não esperou o adversário no seu campo e agrediu o ataque, que trocou passes por quase um minuto antes de chegar ao gol adversário, um time que recebeu elogios da imprensa internacional pela sua postura tática e técnica em campo.

Este mundo descobriu o CORINTHIANS e a FIEL. Este mundo colocou em questão se nossos torcedores poderiam ser considerados os mais loucos do mundo pelos seus feitos históricos e atuais. Este mundo deixou em dúvida se a Fiel é a mais louca, mas que teve a certeza que neste momento são os mais felizes.

Este mundo que devido a previsões Maias, Aztecas e o cassete a quatro, está em cheque.

Este mundo pode acabar, mas uma coisa certa, este ano jamais terminará para nós corinthianos. 2012 ficará eternamente em nossos corações.

CORINTHIANS GRANDE, O MAIOR DO MUNDO!!

Autor do post:
Julio Cesar

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

1 Comentário