Sem vontade de ganhar…

Salve Geraldinos!!

Ê mal vontade!!!!!! Foi assim que o Corinthians se apresentou, neste sábado, com muita má vontade contra a Portuguesa, em um Pacaembu maravilhosamente lotado com 34 MIL PESSOAS!!

Pena! O time poderia ter correspondido ao apoio das arquibancadas, fazer mais 3 pontos e entrar de cabeça na luta pela parte de cima da tabela… só que não, o Corinthians jogou porque não quis. Não ganhou porque não quis. E viu, esta parte de cima da tabela, ficar mais longe.

Três pontos fundamentais pelo péssimo resultado de sábado:
1º – Como dito em post anterior, Danilo é imprescindível para o esquema do time. Se ele não joga, ficamos com um buraco na marcação e no ataque.
2º – Não ter Danilo é ruim, mas substituir Danilo por Edenilson foi um tiro no pé. Destro, e mais acostumado com o lugar do Paulinho ou de Alessandro, ficou perdidinho em campo. De cara, Jorge Henrique deveria ser o titular neste jogo.
3º – Birrinha de atacantes? Agora? Só pode ser brincadeira! Emerson Sheik e Romarinho, por duas vezes, ignoraram uma melhor colocação do companheiro de ataque e tentaram chutes (displicentes) para longe do gol. Espero que tenha sido uma “impressão minha”, até porque o atual Campeão Brasileiro e da Libertadores, só é campeão, pelo companheirismo de seus jogadores.


No mais, nada demais! Só queria ver o Corinthians entrando em campo pra ganhar o Brasileiro. E não jogar, por jogar! Espero que os jogadores tenham essa consciência. O treinador mostrou que tem, e que não tiver afim, que ostente o banco por algumas rodadas. Ou que chegue ao longínquo Mundial de Clubes sentado no banco.

Quarta feira, voltamos ao Pacaembu, às 21h50, enfrentar o Cruzeiro, sem Douglas, com Danilo. Ainda louco pra ver a disposição vencer a displicência na cabeça dos jogadores.

Vaaaaaaaaaaaaaaai Corinthians!

Autor do post:
Sandro Terranova

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post