Vai cair?

Eu nunca usei este espaço para falar do rival. Mas sempre tem uma primeira vez.
É que, dia desses, estava tomando uma cerveja com um amigo palmeirense. Sim, eu tenho amigos palmeirenses. E ele me disse que, quando o Corinthians caiu, foi a maior alegria de sua vida.
Extasiado, ele comprou rojão, saiu na rua buzinando, tomou umas a mais e ligou para todos os corinthianos que conhecia. Passou uma tarde no telefone e não deu conta de chegar na letra M…
Eu escapei da ira, já que sou um amigo recente.
Mesmo assim, sempre que ele fala no assunto, faz questão de dizer que imagina minha cara de choro e dor pela queda.
É curioso porque ele acerta em cheio: eu realmente chorei copiosamente e sofri tal qual em um velório com o rebaixamento.
E, se não recebi chamada do amigo que relato aqui, não tive a mesma sorte com outros muitos rivais que me atormentaram. Um deles, desprovido de respeito, chegou em casa bêbado, abriu minha geladeira e minha cerveja, e entoou os acordes da marcha fúnebre.
Ainda somos amigos. O perdoei pela atitude impensada e pelo canto. Sobra a cerveja que reclamo com juros.
Mas ontem, por essas ironias do destino, encontrei os dois amigos que relato aqui num desses muitos bares da vida.
E, na TV, eles acompanhavam angustiados o clássico entre Sport Recife e Portuguesa. Com a calculadora na mão.
Deu Lusa.
Um achou que foi até bom. O outro balançou a cabeça e disse que não dá mais.
E ambos, na inocência do desespero. Perguntaram minha opinião:
– “E aí, Tchelo, ainda é possível?”
– “Possível é. Mas eu, sinceramente, vou torcer para que a queda aconteça de forma lenta e dolorosa.
Fechamos a noite tomando uma cerveja juntos. Os três. E lembrando das glórias e desgraças do passado.
E eu não menti. Realmente acho que o nosso rival não escapa.
E que assim seja.
Não pelo bem ou mal do futebol, como alguns chatos relacionam. Mas pelo bem das boas e deliciosas amizades e cervejas que só o futebol proporciona.
E segue o jogo.

Autor do post:
Tchelo Rodrigues

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post