ÃO, ÃO, ÃO, SEGUNDA DIVISÃO

E lá se foi a 16ª rodada, e com ela, mais uma derrota de um time que a cada dia se mostra mais covarde, mais medíocre, com cada vez menos condições de disputar uma primeira divisão, um time que a persistir com o mesmo comportamento e principalmente, sem melhoria técnica no elenco, não terá outro futuro além do qual hoje lhe é de direito, disputar a Série B em 2013.

 

Novamente refuto o título de arauto do apocalipse, mas para mim a realidade é esta e o futuro não tem como ser diferente. O futuro pode ser alterado? Sim, mas isso exige uma mudança no URGENTE no comportamento do time e pela necessidade de uma melhora técnica, por outro lado, a situação financeira no Alto da Glória não anda bem e é agravada pelas contratações que não deram certo.

 

O Coritiba segue tomando gols inaceitáveis e perdendo gols incríveis, isso claro quando cria alguma coisa. Como já disse outras vezes, o time do Coritiba é um convite ao ataque, a defesa é fraca, o meio campo é completamente estéril, pois não cria nada e o ataque é inexistente.

 

É triste a nossa realidade, não admito mais esse papo de que sentimos a perda da Copa do Brasil, que o campeonato é longo, etc. se a primeira afirmação for verdadeira, já passou da hora de superar o luto, e se o campeonato é longo, está na hora de acordar, pois metade praticamente já se foi.

 

É complicado me fazer desistir, mas meu amor maior está conseguindo isso, não acredito em nossa permanência na primeira divisão em 2013, já estou me preparando para encarar o inferno novamente.

 

Realidade dura, porém, verdadeira, nem mesmos nos anos de 2005 e 2009 quando fomos rebaixados tivemos um primeiro turno tão ruim, como acreditar que faremos uma campanha de campeão no segundo turno e escaparemos do inferno?

 

Na próxima rodada, a 17ª, enfrentaremos o Vasco em São Januário, mais uma barbada, prá eles, óbvio…

 

Saudações Sempre Alviverdes.

Autor do post:
João Luiz Albuquerque Alves

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post