Não recomendado para hipertensos [Corinthians x Cruzeiro – Brasileirão 2012]

Fala, torcida Cinco Estrelas!

Mal tivemos aquele jogo de péssimo gosto contra o Flamengo, onde centenas de senhorzinhos e senhorinhas tiveram que ser atendidos às pressas com suspeita de infarto (não só os idosos, pois eu também morri por alguns segundos) e já temos um novo teste para saber se o nosso coração anda forte. Cruzeiro e Corinthians se enfrentam no duelo pela 12ª rodada do Brasileirão e a ordem é voltar para BH com vitória. O problema é que, para isso, vamos ter que fazer mais do que fizemos contra o Flamengo.

Cruzeiro x Corinthians, tal qual foi Cruzeiro x Flamengo, deveria ter um aviso médico antes da partida dizendo “Este programa não é recomendado a pessoas sensíveis ou com problemas cardiovasculares”. E contra o Corinthians é sempre pior. Pois sempre vai haver aquele lance duvidoso, sempre vai ter um único chute despretensioso que vai entrar, aquele lançamento em que todos brigarão se estava ou não impedido, talvez um SandrINHO BEIRA-MAR Ricci apitando… Enfim, tem que ter coração forte pra aguentar tudo isso. A carga de se enfrentar o Corinthians, até por todos os acontecimentos recentes, além da pífia década das rosinhas de Vespasiano, colocam o time paulista como, talvez, o nosso principal rival nacional atualmente. E jogo de rivais sempre deixa tudo mais tenso. Portanto, amiguinhos da terceira idade e demais de coração fraco, se vocês passaram ilesos do jogo contra o Flamengo, por favor, procurem um médico antes de assistir a esse Cruzeiro x Corinthians, pois a probabilidade de termos um nervosismo ainda maior é bastante significativa.

Por sorte, pode ser que tenhamos time completo para essa partida. Diego Renan, Léo e Tinga estão de volta ao time depois de serem desfalques contra o Flamengo. Souza também está relacionado, mas não deve ser titular. Portanto, apenas Charles, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, não foi convocado. Rafael Donato e Borges, que eram dúvida, estão na delegação que viajou para São Paulo. Donato, mesmo com lesão no nariz, deve ser titular, provavelmente usando uma máscara estilo Hannibal e assustando ainda mais os pobres atacantes do Timinho. Já Borges, com dores no joelho, ainda passará por avaliação para saber se joga. Exatamente por esse motivo, Roth convocou 19 jogadores, sendo que QUATRO são atacantes. Um deles provavelmente será cortado. Esperamos que não seja justamente o Borges.

Por azar, o Corinthians também está praticamente completo. Os únicos desfalques do time paulista são o lateral Welder, que nem é titular e figuraria no banco, já que Alessandro está de volta, e Douglas “Tufão” (Apelido dado carinhosamente pela torcida por causa de sua barriga, digamos, saliente), que está suspenso pelo terceiro amarelo. Chicão e Paulinho eram dúvida, mas treinaram normalmente nessa terça e foram confirmados no time titular pelo técnico Tite. Danilo e Jorge Henrique também estão de volta ao time. Além deles, o nome do peruano Paolo Guerrero apareceu no BID e ele estará no banco nessa partida.

Como eu disse no início, o Cruzeiro terá que jogar mais do que jogou contra o Flamengo para conseguirmos os três pontos no Pacaembu. Será jogo dificílimo, ainda mais que o adversário joga em casa e vem embalado com quatro jogos sem perder. A sorte é que a falta de ligação que eu vi no último jogo pode ser sanada se Tinga voltar a ser o Tinga, além de agora termos opção no banco, pois Souza geralmente tem entrado bem.

É claro que um time que está classificado para a Libertadores possui menos ambições no campeonato, mas nesse momento o Corinthians ainda não escapou do rebaixamento e também tem chances de título. Portanto, talvez esse discurso sirva no segundo turno, mas agora é pedreira e o time precisa estar muito atento se quiser trazer a vitória para BH. É aquela medida de sempre: CAU-TE-LA na defesa e efetividade no ataque. Não podemos perder chances, pois elas podem não aparecer duas vezes no jogo, a exemplo da nossa ultima partida. Então, amigos, separem a camisa, a bandeira e o desfibrilador, pois logo mais teremos um jogão de parar corações de aço.

(E, sim, é possível fazer um texto inteiro sobre futebol e coração sem citar o bordão do tal locutor insuportável.)

Saudações Celestes!

Autor do post:
Altieres Losan

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

3 Comentários