O presidente dos nossos piores pesadelos

Ligue 0201-1921 e doe R$ 5,00 para mandar o Gilvan embora no mesmo voo do Celso Roth em dezembro. (Foto: Washington Alves/VIPCOMM)

(ATENÇÃO: O texto a seguir é contraindicado para todos que defendem a atual diretoria do Cruzeiro)

E aí, tudo azul?

Sempre escutamos dezenas de teorias de como seria o Cruzeiro após a saída da Família Perrella. Alguns esperavam que viesse algum presidente experiente e com uma gestão menos mercantilista e outros acreditavam que a base fosse ter um papel de mais destaque. Ao contrário das duas situações, veio um presidente que, mesmo sendo braço-direito dos Perrellas – o que poderia lhe credenciar a ser um bom presidente -, Gilvan de Pinho Tavares é o presidente que habitava todos os nossos piores pesadelos.

E tudo começou errado nas eleições do Cruzeiro, no final do ano passado, onde não houve uma participação legítima do grupo que verdadeiramente coloca dinheiro no clube, os torcedores. Conforme disse no pós-jogo da Ponte Preta, não podemos continuar tendo nosso destino ditado por meia dúzia de sócios APENAS do clube social que só estão preocupados com o cloro nas piscinas.

Já ouvimos mil conversas que o sócio-torcedor poderá um dia –sabe lá quando – fazer parte do cotidiano político da instituição. Porém, isso nunca sai do papel. Eu escuto isso desde o dia que fiz o finado Cartão 5 Estrelas, em 2007, e continuo esperando este direito, agora como Sócio do Futebol que paga sua mensalidade religiosamente em dia.

Este estatuto que permite apenas a quem possui cotas do clube social “dar pitaco” no clube é coisa da época que éramos um clube de meia dúzia de imigrantes italianos em Belo Horizonte. Já passamos dessa época, hoje somos um clube que engloba gente de todas as partes do mundo.

Além da falta de democracia, tudo o que diz respeito à administração do nosso amado Cruzeiro sempre foi obscuro. Transparência não é só colocar balancete no jornal. Isso até a empresa do Zé das Couves faz. Tem que abrir tudo que está passando no clube para os torcedores.

Enfim, tenho certeza que a grande maioria de vocês não queria o Gilvan como nosso presidente.

Concordo que o Alberto Rodrigues não era o melhor nome para ser o presidente, mas a chapa era composta por gente que entende de esportes, como o Claret – não tenho nenhuma relação com ele, nem o conheço pessoalmente, mas me parece ser uma pessoa que entende de administração –  ou outras pessoas que trabalhem com ele. Sou totalmente favorável à alternância de poder entre grupos distintos.

Tudo bem, como muitos de nós não votamos, demos um voto de confiança ao Gilvan, que começou o ano com aquela presepada do atraso de salários. Além disso, começamos a temporada com o péssimo Vágner Queixada Mancini, que não serve e nunca serviu nem para treinar os times da Copa Itatiaia.

Os reforços nos davam frio na espinha. Era um pior que o outro. E a impressão que tínhamos é que montaram um time de qualquer maneira, que pouco importava a eles se cairíamos ou não. Se o Cruzeiro não tinha dinheiro, por que não apostaram na base? Parece que tudo já estava no script, que o time para 2012 seria o mesmo na Série A ou na Série B. Como eu sempre disse aqui na Geral, este pensamento é muito Grêmio Itinerante. Monta um time em janeiro, desmonta em abril/maio e vai montando um segundo time até agosto/setembro, para apostar na virada do returno. Gastaram muito dinheiro em toda essa trapalhada e fizeram muitos contratos no desespero que vão gastar mais dinheiro ainda ao serem rescindidos.

Além de todos os erros de planejamento, o diretor de futebol foi trocado com a temporada já em curso, durante o jogo de estreia do time no ano. Algo completamente irresponsável, que atrasou e muito o Cruzeiro na busca pela estabilidade na temporada. Nem um time que foi rebaixado no Mineiro agiu de maneira tão amadora.

Como time que pensa pequeno tem destino de time pequeno, não chegamos nem à final do Mineiro – ser eliminado pelo América é humilhante – e fomos eliminados por um time HORROROSO da Segundona na Copa do Brasil – o Atlético Paranaense só tomou jeito no segundo semestre, após o Drubscky assumir como treinador.

Após demitirem o Mancini, com todos estes vexames já tendo se tornado realidade, tive a impressão que tudo isso estava planejado e dentro do que vislumbrava a diretoria para o ano.

Contrataram o Roth para não cair e ele cumpriu seu objetivo. Nos iludimos com Libertadores porque o Cruzeiro é grande demais para ficar nessa rotina de time que participa do Brasileiro apenas para se manter na Série A.  A pretensão da diretoria em 2012 era apenas evitar que o time fosse rebaixado e um dos motivos para não termos trocado de treinador até hoje foi esse.

Só que isto foi o cúmulo da burrice. O treinador não tem o menor tesão em trabalhar no clube e hoje possuímos sim chances de sermos rebaixados – mesmo que ínfimas. Se o Cruzeiro perder todas, ele está na Segundona. O que era para ser uma pré-temporada de luxo, virou um show de humilhações, ou com a nossa torcida aplaudindo o genial Neymar – que foi um protesto muito válido para que a direção finalmente visse o quanto nosso time é ruim – em pleno Independência ou com duas derrotas totalmente apáticas para Ponte Preta e Palmeiras – dois mortos na competição.

E eu acabo não condenando o Celso Juarez se ele quiser “prejudicar” o Cruzeiro.  Por mais profissional que ele seja, o “patrão” está fazendo uma das coisas mais antiéticas que já vi em toda a minha vida. O treinador só não saiu até hoje por causa da multa e pela conquista do objetivo que citei anteriormente. E ele não vai ser burro de abrir mão de um direito que está escrito em seu contrato. É como aquele funcionário colocado em uma repartição pública de uma cidade pequena pelo prefeito e, após este prefeito perder na eleição seguinte para o maior rival de seu chefe, o funcionário vai sabotar o máximo possível para avacalhar a vida do outro.

Tomara que o Roth leve o Gilvan junto ao ir embora. Porque estamos passando vergonha após vergonha toda vez que o cover da Velha Surda abre a boca. O Roth pode ser um dos piores treinadores que já vi em toda a minha vida, mas ele, além de ser ruim, já está sendo fritado até pelos seus superiores. Que profissional trabalha assim? Qual empresa faz isso? No ambiente de negócios, isso renderia uma bela ação trabalhista.

Se o cara não vai ficar para o ano que vem, pague a merda da multa logo. Apenas dois salários não podem comprometer o Cruzeiro. Além disso, expõe o profissional, que já é ruim, a uma situação ridícula. A impressão que eu tenho é que o Juarez não é demitido apenas para desviar o foco de boa parte das críticas que seriam feitas ao dublê de presidente do Cruzeiro.

Se o Gilvan fosse executivo de qualquer grande empresa – principalmente dono, presidente do conselho-gestor ou qualquer cargo influente -, com a sua falta de tato administrativo, esta empresa certamente já estaria falida. Imaginem a situação de um desvio fiscal. Ele já teria soltado na imprensa. Se a empresa fosse demitir funcionário para reduzir custos, ele soltaria na imprensa e daria todos os motivos para dezenas de ações trabalhistas.

Tudo que está acontecendo em campo é reflexo da zona administrativa imposta pelo presidente Gilvan.

E olha, me lembro que houve um movimento “Fora Ziza” do outro lado da Lagoa. Por mais que o Kalil tenha seus defeitos, funcionou, até para acordar o Conselho Deliberativo. Onde está o Conselho do Cruzeiro neste momento? Por que ninguém vai à imprensa e se pronuncia? Aliás, eu queria saber se existe oposição no Conselho, porque as votações da situação sempre são superiores a 80%.

Sendo muito sincero, eu não vejo nenhum destino para o Cruzeiro que não seja a Segunda Divisão durante a gestão do Gilvan Velha Surda. Não quero ser profeta do acontecido e nem nada. Nem vou dizer “eu avisei” quando a merda acontecer.

É questão de lógica mesmo. O Cruzeiro brigou contra o rebaixamento em 2011, fez uma campanha medíocre em 2012 – onde ainda existe o risco de rebaixamento – e a tendência é ter um 2013 bem complicado. Não digo isso apenas pela provável vinda do Marcelo Oliveira – não sou contra apenas por ele ser atleticano, ele é fraco demais para treinar o Cruzeiro. Digo porque as figuras que estão gerindo o clube não são confiáveis. Fora os exemplos de Palmeiras, Grêmio, Corinthians, Atlético de Lourdes, Fluminense, Vasco e Botafogo depois que o tapetão parou de ser utilizado no Brasil.

Parece que o Perrella saiu e todos esqueceram como se faz futebol. Até quem sabia parece não dar o menor suporte ao presidente.

Espero queimar a minha língua com o nosso presidente. Não tenho nada contra ele como pessoa e até suponho que ele deva ser muito competente como advogado. Mas ele não sabe gerir, não sabe presidir e nem liderar uma equipe. Acredito sim que ele tenha excelentes intenções, mas excelentes intenções não movem o mundo.

O que move o mundo é competência. E isso, Gilvan, você não tem. Escute mais a torcida e as pessoas que lhe assessoram ou vamos entrar em um caminho bem mais turbulento do que o atual.

Vamos, Cruzeiro!

Autor do post:
Pedro Oliveira

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

12 Comentários

  • MINAS É AZUL

    Ehhhhhhhh Dr. Gilvan, a torcida está antipatizada de voce, que só mete as mãos pelos pés e acha Que está fazendo tudo certo…………………….Mentira,……..tá tudo errado neste Cruzeiro.
    Marketing não existe, canal de comunicação não existe…..Diretoria não existe, Diretor de Futebol muito fraco. Onde vamos parar com isso….na Séire B???? Ahhh tenha santa paciência Dr. Gilvan…….Não aguenta…não entra………
    Cheguei ao absurdo de pensar….Volta ZZP, eu era feliz e não sabia…..
    Roubava mas fazia…….olha onde o torcedor chegou e aposto que muitos pensam como eu….
    QUERO MEU CRUZEIRO DE VOLTA……
    E olha, Esse Roth pode estar de picardia com o presidente e se perder os 4 jogos restante???? Aí estamos fritos e na 2a divisão…..Série que não nos pertence….

    FORA GILVAN / FORA ROTH / FORA VALDIR BARBOSA / FORA GUILHERME MENDES / FORA ALEXANDRE MATOS………..TUDO LIXO……….

    CRUZEIRO SEMPRE….NUNCA TE ABANDONAREI…..MEU AMOR É MUITO MAIOR
    QUE ESSA CORJA TODA QUE TÁ AÍ……..FORA…………………..CACHORRADA…………..

    CHEGA DE VEXAME……………………..FORA………………………….

  • Alessandra

    Muito bom. Concordo em absolutamente tudo. Pior é ter de aguentar torcedores conformados que, sabe-se lá por que, defendem com unhas e dentes a gestão de um cara que é ruim! Colocam a culpa no Zezé Perrella. Porque Zezé deixou o caixa zerado, porque Zezé fez acordo com BMG, porque Zezé não sei o que lá… Zezé, em 17 anos nunca passou por problemas financeiros dentro do clube? Por favor, gente. A diferença essencial entre Gilvan e Zezé Perrella é que o segundo é um homem de negócios, excelente administrador. E cruzeirense! Tenho certeza que ele jamais aceitaria, por exemplo, ser vencido em uma briga com o treinador, caso de Gilvan, desmoralizado frente a uma discussão com Celso Roth, sobre a escalação de Lucas Silva. Gilvan tem que sair do nosso time, antes que sejamos rebaixados.

    • Pedro Oliveira

      Alessandra, muito obrigado. Acho que se a pessoa se dispõe a ser líder de alguma coisa, ela tem que ter liderança, saber dar ordens, saber comandar uma equipe, e o Gilvan não sabe. Espero que entre alguém compatível com a grandeza do Cruzeiro logo. Se derrubarmos o Gilvan, melhor ainda, é bom que nos poupamos de um rebaixamento ou de mais uma temporada ridícula.

    • Éden

      Esse presidente é totalmente despreparado.
      Só fala mal do clube, acaba com nossa imagem, quem vai querer trabalhar aqui ?
      Sócio Torcedor não faz nada sozinho. Precisa de pessoas COMPETENTES para administrar, como o Internacional tinha Fernando Carvalho e deu certo.
      Ano que vem promete ser pior. E o apoio incondicional vai apequenando o clube, como os 41 anos sem títulos do outro lado da lagoa

      • Pedro Oliveira

        Éden, esse apequenamento do Cruzeiro está muito difícil de ser digerido. Marcelo Oliveira ou Falcão não seriam os maiores problemas. O mais grave para 2013 é imaginar o (baixo) nível do material humano que será adquirido para o elenco, assim como foi em 2012…

      • Renan

        Para Alessandra.
        O zezé, não é essa brastemp toda não. Essa papo que ser Cruzeireirense não cola, você é eu sou. Na verdade é que quando presidenteo o perrela de seus interesses e usou o Cruzeiro em prol dos mesmo. Que é um grande administrador não se discute. Mas daí a pensar que é o salvador da patria. Ele só deixou o caixa vazio, só isso.

        • Alessandra

          Com o caixa vazio, o Gilvan fez uma penca de contratações, como Tinga, Souza e Sandro Silva, dentre outras barcas furadas. Com esse caixa vazio, modéstia a parte, eu formaria um time com os meninos da base que daria uma surra nos que estão disputando título hoje. E JAMAIS contrataria um técnico retranqueiro, tapa buracos.

          • Camila

            Pra mim, o que faz sentido é o que você falou lá no começo. Precisamos de alguém que seja “cruzeirense” no comando.
            Se alguém que ama o clube estiver lá na presidência, ele jamais deixará o clube passar por situações como esta.

            • Pedro Oliveira

              Concordo com a Camila e com a Alessandra. Mas queria algum nome diferente. Não é possível que não exista alguém no Conselho competente e capaz de conduzir o Cruzeiro!

        • Camila

          No jogo contra o Palmeiras eu até não falo nada, porque pra mim foi troca de favores. Por dois anos eles entregaram jogo no final do campeonato pra gente. Em 2010, quando queríamos ser campeões e em 2011 pra não cairmos. Mas contra a Ponte foi ridículo.
          Eu tinha grandes expectativas com o Dr. Gilvan. Sinceramente eu tinha. Aquele discurso de “valorizar os jogadores da casa”. Fui iludida. E odeio ser iludida ):

          Bem, tomara que queimemos a língua e que seja perfeito o 2013, com um treinador bem foda e elenco arrumadinho – não peço nem craques, só casa arrumada – para que eu volte a sentir tesão ao ver o jogo do meu time, porque eu não ando tendo nenhum.

          • Elson

            Boa Noite, concordo em praticamente tudo que foi reportado no texto acima. e inadimissivel Que um Presidente despreparado administre um dos maiores clubes do mundo.Estamos sendo desmoralizados precisamos de alguem de pulso, para quem viu Cesar Masci , Carmine de Furletti, e os Propios Perrelas na Presidencia ( Todos cruzeirense aguerridos) e dificil ver um Homem tão omisso que se quer teve coragem de demitir um Tecnico que faz chacota com nossa cara..a Cada derrota uma descupa , Um tecnico que desvaloriza a prata da casa que resolveu pelo seu bel prazer queimar Lucas Silva , e em seu lugar escala Sandro Silva , Magrão…Outros desvalorizados no Clube São Arias que perde a vaga para ,Marcelo Oliveira e Vitorino que não sei como o Roth consegue achar que Rafael Donato, ou Matheus sejem melhor que o Uruguaio que e jogador de seleção de seu pais…. Pois bem isso mostra o quão estamos mal de presidente… E a continuar pensando em contratar um tecnico atleticano e perdedor ( Basta lembrar que Marcelo Oliveira perdeu os 6 ultimos jogos do Vasco e praticamente ele consegui que o Vasco perdessse vaga da Libertadores) Pois bem e esse Homem que o Gilvan que como tecnico do Cruzeiro.. So posso ver infelizmente um 2013 negro.