Qual é o esquema tático mais indicado para esse Cruzeiro?

Sério mesmo cara, bota mais um zagueiro aí. Olha pra minha cara de sofrimento. (Foto: Washington Alves/VIPCOMM)

Olá amigos.

Fiquei um tempão de fora do blog porque não conseguia instalar uma internet a cabo na minha casa. Acompanhem meu sofrimento.

Eu queria a banda larga da TIM, que é fibra ótica, super louca, de 35 mega. Eles dizem que nessa velocidade o computador até voa. Olhei no site e não estava disponível para minha localidade. Passei para a GVT. A velha e boa GVT, que está tomando o mercado de Internet a cabo em BH. Adivinhem? Não estava disponível na minha localidade. Tentei a oi, uma internet baratinha, 80 reais, de boa. Essa estava disponível. Quem não estava disponível era o técnico que faria a instalação. O filho da mãe nunca apareceu. Desisti e entrei no site da net. A net e eu não somos amigos. Sempre que tive que fazer algo com a net, tinha muitos problemas. Acabei fazendo um plano de tv básica, internet e telefone por 100 reais pela internet, o cara foi lá e deu tudo certo. Demorei somente UM MÊS para ter a internet de volta à minha vida. Mais rápido que isso só Usain Bolt correndo 100 metros carregando a Preta Gil no colo enquanto jogam um jato d’água em seu peito e ao mesmo tempo enchem o chão de tachinhas, e ele está descalço. Ou uma tartaruga, o que vocês preferirem.

E para quê eu estou dizendo isso tudo? Não sei, era pra ser uma introdução menor. Desculpem-me.

Estou aqui para falar do Cruzeiro e vou falar do Cruzeiro. Mais especificamente, do esquema tático do Cruzeiro.

A pergunta que fiz no título do post – que nem Celso Roth consegue responder – veio à minha cabeça depois da partida contra o Figueirense. Na nossa derrota ridícula daquela noite, Roth, tal qual Marcos Rocha na seleção brasileira (sério mesmo gente, o que foi aquilo?), surpreendeu a todos utilizando uma versão mal feita de um 3-5-2, com Leandro Guerreiro escalado de zagueiro, Éverton e Souza nas alas, se juntando a Tinga, Charles e Sandro Silva no meio campo, deixando Montillo e Wellington Paulista no ataque. Obviamente, por NUNCA termos jogado assim NO ANO INTEIRO, o time apresentou certa falta de entrosamento, para não dizer uma bagunça generalizada, e acabamos deixando pelo caminho três preciosos pontos, pois, tirando Grêmio, Atlético e Fluminense, ninguém quer ganhar nesse Brasileirão.

Mas, apesar dos pesares, eu gostei dessa escalação. Claro que é preciso treinar MUITO para que um esquema de três zagueiros passe a funcionar de uma hora para outra na sua equipe, não é só dizer “Dorgas, larguei, agora sou Muricy Ramalho” (vocês se lembram desse meme?) e achar que tudo vai dar certo. Aqui é trabalho, meu filho.

Acho que, com esse time do Cruzeiro, um esquema como o 3-5-2 pode funcionar. Temos DEZ volantes no elenco (Árias rescindiu o contrato? Se sim, são nove, se não, são nove mesmo), e dois deles – Souza e Éverton – são bons alas. Nossos zagueiros também não são ruins. Gosto de Matheus, Thiago Carvalho, Leo e Victorino. Mas, ao que parece só dois jogando ao mesmo tempo não acaba com o buraco na zaga.

Talvez, e apenas talvez, devíamos tentar jogar no 3-5-2, com uma maior proteção à zaga, já que o Fábio decidiu entregar a paçoca em todas as partidas, e aproveitar as “qualidades” que temos no elenco. Por um pequeno período naquela partida, eu gostei do que vi. Não sei o que foi. Não sei se estava assistindo a outro jogo sem querer, mas percebi que esse poderia ser o caminho para nosso desorganizado time.

Ou – presta atenção Gilvan, essa mensagem é para você – a gente faz 45 pontos, demite o Celso Roth e contrata o Felipão. Apesar de que não sei o que ele poderia fazer para dar um jeito nesse time. Na verdade não faz tanto sentido mudar de técnico a essa altura. Nem faz sentido mudar de esquema tático a essa altura. E não faz o menor sentido a gente não estar jogando bem até agora no campeonato. NADA FAZ SENTIDO. TAMO JUNTO FELIPE NETO.

Até a próxima.

Autor do post:
Michael Renzetti

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

2 Comentários

  • Éden

    Esquema nem é a questão, mas sim escolher as peças certas e torcer para alguns não machucarem tanto

    A Diretoria montou mal o elenco, ainda faltam laterais, o atacante velocista (mesmo papo de 2011) e o técnico ainda escolhe mal

    • Rodrigo

      Um esquema bom, sem levar em consideração as lesões e suspensões, seria:
      -Fábio

      -Ceará
      -Victorino
      -Thiago Carvalho (Leo)
      -Everton (Diego Renan SE perder peso ou o outro garoto que subiu da base)

      -Lucas Silva
      -Leandro Guerreiro

      -Montillo (meio)
      -Martinuccio (esquerda)
      -Elber (direita) (Wallyson no banco)

      -Borges

      Apenas 1 atacante de origem, porém um time bem ofensivo! O que acharam?