Amenidades. Porém não.

  Ano novo, vida  nova. Teoricamente é isso, no entanto não parece ser assim aqui nesse nosso Rio Grande velho sem fronteira. Esse meu texto não tem o objetivo de querer ser o dono da verdade, já aviso. No entanto serve pra lembrar algo que muitas pessoas estão esquecendo nesse início de temporada (vou tentar explorar todos os lados, juro que tentarei ser o mais imparcial possível).

  Primeiramente: ah, as redes sociais (#ProfessorRuyFeelings). Todos na briga por um lugar ao sol e uma horda de seguidores que os escutem e usem seus pensamentos para formar opiniões (inclusive me incluo entre esses, admito). Partamos do princípio que somos todos personagens lá – ao menos é nisso que quero acreditar, pois é impossível que certas pessoas falem tantas bobagens na vida real. Não quero aqui ser um guardião ou um fiscal do que os outros escrevem/dizem, no entanto o mundo seria um lugar melhor se todos pensassem duas vezes antes de falar algo.

  Vejo muitos comentários reclamando do Dr. Koff, do Rui Costa e da direção do Grêmio em geral pela demora nas contratações. Antes disso quero comentar uma coisa que vi no Twitter mais cedo e concordo plenamente: o @giulianovieceli, comentou em um tweet que, fora o SP aditivado pela venda surreal do Lucas e o Corinthians que ganhou o Mundial e é o queridinho da Mídia atualmente, ninguém está fazendo contratações.

  E isso é a mais pura realidade. Lembrem-se: qual o principal fator para manter a saúde financeira de um clube no Brasil? Venda de jogadores. Quem o Grêmio vendeu ano passado? Fernando era o jogador para ser vendido, porém ainda estamos com ele aí. O que o pessoal que sempre vê defeitos na direção (não estou falando nada sobre política do clube, atenção. Refiro-me aos que corneteiam sempre) gostaria que o Grêmio fizesse na situação que nos encontramos? Atravessemos a cidade e vamos dar uma passada no Aterro do coirmão. Presidente reeleito, Oscar vendido no meio do ano e mesmo assim eles estão em um marasmo pior que o nosso. Claro, muitos dirão “Ah, Matheus, mas não vale. Eles não tem Pré Libertadores pra disputar, vão ter três semanas de pré temporada, etc.” e concordo só parcialmente com esses argumentos. O Inter vendeu Oscar no meio do ano mas embolsou pouquíssimo dinheiro. Praticamente, então, é como se não tivesse vendido ninguém. Só mostra que a dificuldade pra contratar é geral.

  Mudando o foco agora, outros dizem que se fosse o Odone o presidente, nesse marasmo que estamos estaria acontecendo um pandemônio no Twitter. Concordo, porém isso aconteceu em 2011. Começamos o ano num redemoinho que foi a Novela Ronaldinho e contratamos quem? No entanto, no fim de 2011 Odone não poupou esforços pra reforças o time. Trouxe Kléber Gladiador, Marcelo Moreno, Léo Gago, Marco Antônio, enfim, na virada do ano estávamos todos ansiosos pela estreia do time. O que eu quero dizer: muitos dos que estão reclamando de Koff agora são os mesmos que pediram tempo a Odone no começo de 2011. O que eu sou a favor: que demos tempo a Koff. Ele é cachorro velho. Antes de muitos da Geração Twitter terem nascido ele já vivia em volta do futebol. E eu asseguro vocês que estaria dizendo isso qualquer fosse o presidente. Temos que dar tempo ao tempo. e, acima de tudo, temos que torcer.

  Acho que não fui muito conciso nas minhas ideias, mas não ligo. Esses comentários tavam entalados há um tempo já, achei que o ano novo era uma época ótima para expô-los. Ah, falando nisso, feliz Ano Novo.

Dá-lhe Grêmio.

Autor do post:
Matheus Martins

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

2 Comentários

  • Germano

    O Grêmio vendeu, em 2012, mario fernandes, adilson, fabio rochemback, douglas, misael, biteco e o goleiro victor. Em fim, nao foi pouca gente, então acho que é valido rever esse argumento.

    • Matheus Martins

      Caro Germano, valeu pelo comentário mesmo me contradizendo hahaha Enfim, vendemos todos esses sim, porém quanto o Grêmio embolsou realmente, ou melhor, quanto desse dinheiro pode ser repassado para contratações? Todo esse dinheiro (praticamente) foi para finalizar o condomínio de credores, que me parece estar quase finalizado (o que merece um parabéns à Gestão Odone e todas antes que vieram). Abraços e continue comentando