Sport 0 x 2 Internacional – Uma aula de futebol

Time vibra com segundo gol

Pronto. Joguem para longe todas os esboços de crises que foram endereçados ao Beira-Rio na última semana. A derrota – inexplicável é bem verdade – para o Botafogo já foi esquecida e por tudo que aconteceu hoje está provado que não passou de um tropeço. O Colorado foi a Recife e jogou o fino da bola para vencer o Sport por 2 a 0.

Os gols foram contra de Bruno Aguiar e do artilheiro Leandro Damião, mas frente ao futebol apresentado pela equipe não passaram de meros detalhes. O time foi inteligente, apresentou bom toque de bola e não correu riscos. É bem verdade que o adversário não apresentou forças, mas tenho que ressaltar o bom futebol de Guiñazu, Kleber e Oscar. Gostei também de Dagoberto e Elton. Em síntese, pode-se afirmar que o Internacional deu uma verdadeira aula de futebol na Ilha do Retiro.

O Colorado segue com uma boa campanha. Tem três jogos fora de casa e ainda não perdeu. Soma 11 pontos na classificação, onde ocupa a sexta colocação. Na próxima rodada pega o Bahia de Paulo Roberto Falcão e francamente, não deverá ter muitas dificuldades para manter a invencibilidade fora de Porto Alegre.

BRASILEIRÃO — 6ª RODADA — 24/6/2012

SPORT (0) – Magrão; Marquinhos Paraná (Ruan, 27’/2º), Edcarlos, Bruno Aguiar e Rivaldo; Rithelly, Tobi, Reinaldo e Willians (Jael, int.); Felipe Azevedo e Henrique (Thiaguinho, 32’/2º). Técnico: Vagner Mancini

INTER (2) – Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Elton, Guiñazu, Oscar e D’Alessandro (Marcos Aurélio, 29’/2º); Dagoberto (Gilberto, 32’/2º) e Leandro Damião. Técnico: Dorival Júnior

Gols: Bruno Aguiar (contra) (S), aos 13min e Leandro Damião (I), aos 38min do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Dagoberto (I); Marquinhos Paraná, Rivaldo (S).

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique, auxiliado Rodrigo Pereira Joia Pedrosa (FIFA) e Wagner Almeida Santos (trio carioca).

Local: Ilha do Retiro

Autor do post:
José Finkler

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

2 Comentários

  • @_nikoduarte

    Meu caro! Para analisar o jogo do Inter na Ilha, é necessário dividir literalmente a partida em 2 tempos: 1º tempo foi ótimo e o 2º tempo foi horroroso! Onde está o ‘furo da bala’? Creio que esteja no Burrival Baixo Astral. Ele declarou na volta dos vestiários que nada estava ganho e que o Sport viria pra cima do Inter, que deveríamos ter a máxima atenção e blablablá! Sequer é capaz de elogiar o time. Pra ele tudo sempre pode piorar. Se jogasse contra o Íbis no Beira-Rio, diria que é um jogo muito difícil e que o adversário é muito forte. O vestiário sempre faz mal ao time do Inter.

    • José Finkler

      Amigo, quem está envolvido com o futebol sabe…
      Declarações respeitosas fazem parte do jogo.
      Não vejo isso como preponderante para queda ou suba de qualidade da equipe dentro de uma partida.