Fluminense 2 x 1 Ponte Preta – o que foi aquilo?

**por Paulo Ponte Preta em Jornal do Pontepretano

Boa noite torcida pontepretana e amigos torcedores do futebol.

Gostaria de começar a matéria do jogo de hoje de forma alegre, depois de um grande jogo da Ponte, até mesmo independente de quem tivesse ganho, porém, que fosse de forma honesta.

Que o Fluminense tem um dos melhores elencos e times do Brasil, não há dúvida.
Que é um time simpático, uma camisa simpática também não há dúvida.
Que é o time do nosso técnico-ídolo, Abel Braga também…

Mas hoje, digo de coração aberto e muito apertado após essa derrota sofrida e roubada, que eu quero mais é que esse time, que veio da 3a. divisão e que rouba dinheiro de conveniados (da Unimed) para comprar jogador caro e que é sustentado pela CBF e Globo (assim como todos os cariocas falidos), que vá pra casa do cara***.

Não havia a necessidade de ser como foi.

A Ponte, que fazia uma excelente partida, taticamente falando e muito bem postada pelo técnico Guto Ferreira, só seria derrubada por forças ocultas, COMO EU JÁ ESTAVA INFORMANDO DURANTE A TRANSMISSÃO DO JOGO.

Quem acompanhou os trechos do jogo pelo Jornal do Pontepretano viu que eu dizia que os jogadores do Flu se jogavam a todo instante querendo penalty e perguntava até quando o árbitro resistiria!

Ainda mencionei que ele expulsaria algum jogador da Ponte… e expulsou o ex-palmeirense Wendel, que vinha sendo o pulmão do meio-campo e jogando com muita raça, assim como já fizera contra o Náutico.

Jogador expulso, penalty inventado…

Eu já sabia!

Infelizmente o futebol brasileiro está ficando tão previsível, que algumas pessoas, como eu que já não aguento mais ver tanta roubalheira descarada, acaba sabendo o que vai acontecer, bem antes de acontecer.

O futebol carioca, veja bem, já faliu faz tempo.

Vejam o campeonatinho deles… possui times como Duque de Caxias, Madureira, Macaé, Flamengo, entre outros pequenos… e é de um nível ridículo tecnicamente.

Os últimos títulos ganhos foram dados de presente… haja visto no ano que o próprio Fluminense ganhou e nós vimos vários times abrindo as pernas pra eles, simplesmente para não deixar o Corinthians ganhar.

O Rio de Janeiro é um balneário “banhado” por favelas e artistas da Globo… possui ainda um Carnaval bancado por traficantes e bicheiros.

Alguém aí acha que no futebol seria diferente?

Uma palavra apenas: VERGONHA!

Um sentimento: UNIÃO!

Pontepretano, agora mais do que nunca chegou a hora de abraçarmos esse time de vez e até os jogadores que não gostamos.

Agora não é hora de lamentar porque não temos Messi e sim Roger.

Pontepretano, temos o Sport fora de casa na quinta-feira, mas no jogo contra o Santos, domingo, vamos fazer do Majestoso um verdadeiro inferno para quem não for MACACA!

Chega, JÁ DEU NO SACO TANTA PALHAÇADA!

Hoje e cada vez mais tenho vergonha de ser brasileiro.

 

FORÇA MACACA… FORÇA MACACADA!

Autor do post:
Natália Jonas

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post