Nação Pontepretana 2 x 1 Náutico

Aos 4 minutos de jogo o Náutico faz o seu gol.

Eis que todos nós nos vimos desesperados, desamparados, o medo tomando conta de cada torcedor, mas para o Pontepretano existe algo maior que esse tal de medo…existe paixão e esperança…portanto não vamos parar de apoiar o time não.

O primeiro tempo inteiro apreensivo. No intervalo a única coisa que eu não queria era erguer minha cabeça em direção ao placar e ver que o adversário, nosso concorrente direto, estava nos vencendo. Mas a esperança de que ainda tínhamos 45 minutos para resolver isso permanecia em cada um de nós .

Guto Ferreira faz a sua última substituição aos 20 minutos do segundo tempo = sai o Roger (que não está mais produzindo a muito tempo) e entra Giancarlo (para dar inicio a nossa vitória).

Foi nesse momento que veio a chuva…chuva essa que lavou a alma de cada um de nós levou tudo que tinha de ruim impregnado…chuva essa que fez a massa inflamar, enlouquecer e cantar…e todos nós invadimos o gramado, vestimos o uniforme, colocamos a chuteira e fomos pra correria.

E aos 28 minutos gritamos o nosso gol, NOSSO GOL…pronto! A torcida explodiu de alegria, todos cantamos em uma só voz ‘SOMOS A MAIOR, MAIOR TORCIDA DO INTERIOR. PONTE EU TE AMO MEU AMOR’.

3 minutos depois sofremos pênalti, batemos e revertemos… ‘A PONTE É O TIME DA VIRADA, A PONTE É O TIME DO AMOR’.

Acabou o jejum de gols, o jejum de vitórias, e o jejum de felicidade de cada Pontepretano.

Vitória na nossa conta Nação!!!

Vitória na nossa conta Nação!!!

Nós, os 6.854 torcedores vencemos o jogo com a ajuda de 11 jogadores!!!

Autor do post:
Stephanie Mantovani

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post