Destino: Fundo do poço

Amigos da nau lusitana,

A Copa das Confederações vai chegando ao seu fim, e as esperanças Lusas por reforços e mudanças no clube também.

Se na Copa para a nossa seleção o objetivo esta sendo alcançado, já pelas alamedas do Canindé, infelizmente aquela previsão sombria do inicio do ano (eleitoral) esta se confirmando.

Não bastasse todo o “salsedo” do caso Banif e do senhor feudal que manda no clube à anos, esta semana surgiu mais uma novidade: o ex-vice de futebol foi “auto-nomeado” assessor do presidente para negociações, que, apertando a tecla “SAP” lê-se: o barco ta afundando quero meu dinheiro agora !

Com as denúncias e o processo aceito pelo COF contra os dois senhores, além de não vir nenhum reforço para nosso clube, os poucos jogadores que temos domínio do passe e que possuem alguma qualidade, estão na vitrine e os senhores estão a busca desesperada por dinheiro.

Luis Ricardo e Moisés são os alvos do novo assessor.

O negócio com Palmeiras e Goiás envolvendo os dois jogadores não deu certo porque o assessor entrou na jogada e não quer trocas de atletas por empréstimo: ele quer vender o patrimônio luso para buscar o dinheiro “investido”.

Enquanto isso, o senhor feudal efetiva o interino sexólogo até o final do campeonato, e acreditem: aconteça o que acontecer, ele vai até a 38º rodada (minha opinião !).

Tudo isso tem um único propósito: tirar o foco das denúncias feitas e dos acontecimentos dos últimos dias.

E o time…vai ser o que tem ai mesmo até o final do campeonato…isso se não sair mais alguém cujo assessor tenha intere$$e.

Já vimos em outros clubes onde presidentes investem dinheiro, saem do poder e tentam um acordo para receber o que colocaram.

Clube de futebol não é casa de caridade, e se alguém investiu, logo, é para ter retorno, do contrário, não se chamaria investimento e sim doação.

Agora fazer isso exatamente no último ano de mandato onde se pode realmente fazer alguma coisa, com o clube em frangalhos e as portas da série B em 2014, é a maior demonstração de falta amor de verdade.

Um exemplo claro e recente, o ex-presidente do Santos Marcelo Teixeira chegou a acionar o clube depois de sua saída mas me parece ter entrado em um acordo com a atual diretoria para receber o que investiu, e não saiu vendendo até o último tijolo da sede do clube para recuperar seu dinheiro enquanto mandava.

Só que as coisas no Canindé são sempre diferentes…

Ninguém tem visão ou inteligência suficiente para perceber que, se manter na série A para o ano que vem da um retorno financeiro e visibilidade muito maior do que cair para a série B e receber no máximo com sorte 10% da cota de TV deste ano.

O mais importante é o “meu umbigo”…o resto que se exploda !

Pobre de nós torcedores…que não nos iludimos com a campanha até agora realizada pelo clube. Ano passado com jogadores de maior qualidade e um treinador de verdade, foi as duras penas se manter na série A e pra falar bem a verdade, só ficamos mesmo pela incompetência do Palmeiras que ficou com a nossa vaga.

Queria muito estar errado nesta análise…mas essa bola eu venho cantando desde o começo do ano…ano eleitoral no Canindé com as pessoas que lá estão e como estão só podia dar nisso mesmo.

E você torcedor, o que acha dos acontecimentos pelas alamedas do Canindé ?

Comenta aí !

Autor do post:
Rodrigo Guilhoto

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post