Quando a base resolve

Amigos da nau lusitana,

Ontem no Canindé nosso rubro-verde venceu o clássico contra um desmotivado e pressionado São Paulo.

Jogamos bem como em outras partidas, porém nesta, a diferença ficou por qualidade em algumas peças:

– Ivan: Jogando improvisado, o moleque da casa marcou um golaço de canhota e nos garantiu os 3 pontos. Chegou pouco ao ataque mas chegou com segurança. Atras marcou bem e ajudou a brecar Lucas e o time do São Paulo;

– Luis Ricardo: Resolveu estreiar no ano. Jogou tão bem a ponto de lamentarmos o 3° amarelo e sua suspensão para a próxima partida contra o Santos no mesmo Canindé;

– Guilherme: o filhinho da mamãe foi outro que resolveu estreiar no ano. Não sei se tinha olheiro no Canindé, mas ele repetiu ontem algumas de suas belas exibições da série B do ano passado. Pena que não reconhece o esforço e a casa que o acolheu e quer mudar de ares o mais rápido possível. Que nos ajude enquanto estiver aqui sendo profissional e nos renda um lucro para reforçar carências do time;

– Diego Viana: No começo do jogo me pareceu um pouco perdido. Melhorou (e muito) após a saída do Vandinho do time. Parece uma aposta que vai dar certo. Vamos aguardar as próximas partidas para ter uma melhor opinião sobre seu futebol;

– Gustavo: O “afastado” (sem que a diretoria soubesse e contra o ex-treinador Jorginho) comandou a defesa ontem e mostrou muita segurança;

– Dida: Deixei o nosso novo capitão por último pois além de ser sua estréia, pra mim é um caso a parte. Primeiro lance de perigo para o São Paulo aos 8 minutos do primeiro tempo. Falta de média distância. Cícero toma posição e bate forte, seco, a meia altura. Qualquer outro goleiro (se não tomasse o gol como o Calaça) colocaria pra escanteio. Mas o nosso capitão, não só encaixou a bola numa ponte segura (sem ser expalhafatoso) como com as mãos lançou a bola no peito do Vandinho depois do meio campo Luso. Pena que a bola ficou justamente com Vandinho, que perdeu a oportunidade e a bola (Alias não entendo porque Vandinho vem sendo titular desse time). Nosso paredão, o monstro assusta. Não foi muito exigido ontem é verdade, porém nos lances em que foi acionado, mostrou muita segurança, como no final do jogo saiu para segurar um cruzamento na marca do penalti. Isso sem sombra de dúvidas deixou o time mais tranquilo e confiante de que tem um goleiro além de suas orientações de posicionamento durante o jogo.

Outro fato interessante que ganhamos, é a qualidade na reposição de bola que nosso time ganhou com a entrada do Dida. É impressionante como o índice de acerto dele é muito alto. Seja reposição com as mãos ou com os pés. Seus lançamentos sempre encontraram alguém de verde e vermelho em campo. Acho que o nosso meia ta jogando no gol !

Bem ou mal, com os ovos que o deram, Geninho vai tocando seu trabalho frente ao time Luso.

Existem jogadores ainda a estreiar, se bem que a meu ver não devem agregar muito em qualidade ao time rubro-verde, mas podem transpirar e fazer deste um time muito brigador.

Um fato importante que marcou o jogo de ontem: lançamento de Guilherme para Ivan e gol da Lusa. A prata da casa resolveu ontem !

Agora a pergunta que não cala: porque Yago e Jean Natal, sempre tratados como promessas da base mas que nunca tiveram oportunidades concretas no time profissional foram liberados de graça para o Corinthians ? Não servem para o Canindé mas servem para o time da marginal sem número ???

Ai ai…coisas que acontecem e que infelizmente sempre ficam sem respostas pelos lados do Canindé.

Domingo que vem tem mais. Outra parada dura como todo o campeonato brasileiro.

Que Geninho consiga armar um time com muita transpiração e foco em aproveitar as oportunidades que surgirem durante a partida, e, assim, aproveitar o momento cabisbaixo da equipe da baixada santista e segurarmos ao menos um empate.

E você torcedor Luso o que achou da estréia do campeão mundial Dida ?

Comenta ai !

 

A muralha Lusitana

Autor do post:
Rodrigo Guilhoto

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post