Sob a batuta de Diogo

Amigos da nau lusitana,

Ontem nossa Lusa recebeu o Vasco pela 20º rodada do Brasileirão 2013, abrindo returno.

Noite agradável, torcida e time inflamados por conta dos problemas absurdos da última partida, promoção nos ingressos, “show do intervalo” com o maestro João Carlos Martins e promessa de um grande jogo.

Sem Valdomiro, Bruno Henrique e seu substituto Bruninho suspensos, o estrategista Guto Ferreira optou por Diego Augusto na zaga e Corrêa no meio.

Confesso que não fiquei muito contente quando vi Corrêa entrando em campo trajando a camisa 11.

A partida em si foi muito brigada no meio campo.

Nossa Lusa, mostrando a maturidade habitual das últimas partidas soube controlar o ímpeto adversário e matou o jogo com um gol em cada tempo.

E tudo isso graças a uma atuação de gala do maestro Diogo.

Foi dele as duas assistências que resultaram nos dois gols do jogo.

O primeiro, marcado por Corrêa (sim torcedor, eu queimei a língua !) aos 11 do primeiro tempo.

Gilberto, aos 40 do segundo de carrinho fechou o placar.

Se no intervalo tivemos o show do maestro JCM, nos 90 minutos de futebol, quem comandou foi o maestro Diogo.

Comandou: Diogo arrebentou e foi o dono do jogo !

Comandou: Diogo arrebentou e foi o dono do jogo !

Armou, driblou, atacou, defendeu, desarmou e principalmente, serviu !

Uma noite de gala para um time que desde a sétima rodada “residia” no Z4 da morte, pelo menos por uma noite pode ver a luz do sol, como assim bem definiu Guto em sua entrevista pós-jogo.

Moisés Moura comandou a defesa na ausência de Valdomiro e orientou o jovem Diego Augusto que foi seguro durante toda a partida.

De sustos, apenas uma “refugada de alface” do nosso guarda-metas Lauro (que foi salva por Moisés Moura) e a entrada de Matheus ainda no primeiro tempo no lugar do contundido Moisés.

Ainda bem que 20 minutos depois da entrada, Guto percebeu que não tinha feito uma boa escolha e na volta do intervalo Arão veio em seu lugar, dando mais consistência ao nosso meio campo.

Fui embora do Canindé feliz, satisfeito e realizado com o resultado e principalmente com a maturidade que este time demonstra à cada jogo.

E estou com Souza, esse time não cai, a não ser que o apito à derrube.

Próxima parada, sábado às 21hs no (ex) maior do mundo, Maracanã contra o Fluminense.

Mais um jogo de seis pontos frente à um hoje, adversário na luta pela permanência na elite.

Fiquemos de OLHOS BEM ABERTOS no apito !!!

E você amigo que visita esta casa, o que achou da partida e da arrancada Lusa no campeonato ?

#VaiLUSA

Contra TUDO e contra TODOS SEMPRE !!!

 

 

Autor do post:
Rodrigo Guilhoto

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post