As Contingências Políticas do Santa Cruz

Antes de tudo, digo logo que escrevo para os verdadeiros torcedores do Santa Cruz. E verdadeiros, para mim, são aqueles que mesmo sabendo que estava tudo errado, desejou com alma a nossa classificação. Se em algum momento, por interesse ou qualquer outro motivo, você torceu contra o Santa Cruz Futebol Clube, não leia. Vaza!

Hoje não vale “mais do mesmo”. Não vale xingar Chicão ou qualquer outro jogador, chamar treinador de burro e nem bater no peito e dizer que “avisou”. O futebol acabou em 2012. É levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima. Essa tragédia já estava para lá de anunciada. Agora a questão é política. Estou aqui numa puta de uma ressaca depois de algumas poucas horas de sono profundo, e ao ligar o PC, de cara, a primeira postagem:

Zé Teodoro diz que fica se ALN for reeleito

Publicado por Carlos Lopes, em 28.10.2012 às 19:50

“Se Antônio Luiz Neto ganhar as eleições, eu fico para dar sequência ao trabalho. Se o presidente for audacioso, pensar grande, a gente pode começar a planejar o ano que vem”. Desta forma, o técnico Zé Teodoro respondeu sobre a possibilidade de continuar à frente do futebol do Santa, nas condições atuais, como se fosse um cabo eleitoral às avessas. […]

Leu? Leia de novo. De novo. E de novo. Mas leia mesmo, “n” vezes. Preciso saber a opinião de vocês para ter a certeza que não enlouqueci. Juro que pensei que era um delírio depois das fortes emoções do dia. Li e reli este parágrafo umas 97 vezes para acreditar. E ainda não acreditei…

A minha primeira reação foi: “Fdp escroto, cabra safado e cara-de-pau!”. Mas depois de ler 53 vezes, pensei, para tudo porque estou xingando a pessoa errada. Na 97ª vez, lembrei da Teoria da Contingência Administrativa. Claro que não cabe aqui dar uma aula de Administração Geral para vocês, mas para que me compreendam, o núcleo desta teoria diz assim: “Não existe uma maneira IDEAL de administrar. Não existe uma ÚNICA maneira. Os OBJETIVOS podem ser alcançados de VÁRIAS maneiras. É o que chamamos na administração de “equifinalidade”. E cabe ao GESTOR avaliar as contingências e ESCOLHER o melhor caminho para alcançar os resultados”. Está tudo interligado. Vamos por partes.

Acho que ficou claro que contingências é tudo aquilo que envolve a empresa e precisa ser analisado para se buscar melhorias, é algo que vai muito além da sua estrutura, mas claro que isso varia de empresa para empresa. No caso do Santa Cruz, a principal delas é e sempre será o departamento de futebol. Obviamente existe departamentalização, mas ninguém caiu de paraquedas ali, as pessoas foram contratadas, suas funções foram delegadas, precisam ser fiscalizadas e respondem por seus atos. Existe uma hierarquia.

Outro dia escrevi que independente do que acontecera nesta Série C, ALN teria o meu apoio eleitoral. Pensei, e acho que ainda penso, que uma mudança radical demais prejudicaria o Clube. Bastava mudar o departamento de futebol. Pensamento pequeno este, admito. Mas talvez seja o mais seguro. Hoje, logo após a partida, escrevi que achava que tinha acabado de mudar o meu voto político. Aleguei negligência do atual presidente com o ocorrido. E de fato, ele foi negligente aos extremos. O outro, “o professor”, foi incompetente mesmo.

O fato é que acabou. Deu certo, mas agora deu errado. Acabou. Meus amigos, este blá blá blá todo, é para dizer a vocês que eu não sou escorregadia, não me interpretem mal. Um homem (ou mulher) PRECISA ter um lado. DEVE defender uma bandeira. TER uma opinião. E eu farei isso. Mas não hoje. As minhas duas afirmações do parágrafo anterior estão valendo e correndo paralelamente na minha cabecinha. E irei avaliá-las com muita calma e precisão. Sei que não vai ser fácil. Como também NÃO SEI (e nem quero saber) o que acontece internamente no Santa Cruz ao ponto de levar um treinador derrotado a querer continuar o seu “trabalho”. Se Zé Teodoro tivesse um mínimo de bom senso teria entregado o cargo logo após o apito final do árbitro em Marabá. Mas ele não tem. Paciência. Deve ser bom demais trabalhar no Santa Cruz.

Então resumindo, para mim, Danielle Leal, sócia patrimonial votante, se ALN continuar abraçando a causa de Zé Teodoro, perde o meu voto. Isto é certo. Quero nem saber quem é o outro candidato. Ele perde. Agora, se ele demitir Zé Teodoro, irei avaliar as propostas e decidirei o meu voto. E não escondo de ninguém que na eleição passada o meu voto foi dele, todos sabem disso. Até perdi “amigos” por isso. Mas fiz o que achei certo fazer, e dessa vez farei o mesmo.

Por fim, PRESIDENTE, não é para demitir amanhã não, é para fazer isso HOJE! Acorda criatura, que rabo preso do kct é esse? Isso é futebol. É um ciclo. Nada é eterno. E Zé Teodoro, ACABOU homem! A-CA-BOU! Segue a vida. Você não é um Deus e nem vai ter uma estátua de bronze na entrada do Arruda porque nos deu 2 títulos. Não fez mais que a sua obrigação. Agradecemos, mas acabou. Seja feliz e quem sabe um dia você volte. Mas repito, ACABOU! Não é questão de ser grato ou ingrato, é questão de lógica.

Meus queridos, a eleição será no dia 7 de dezembro, não deixem de ir votar. Avaliem as propostas e formem uma opinião. Não deixem de exercer esse direito. O Clube é NOSSO! Analisem as contingências. Todas! Sem exceção. E vamos debatendo até lá.

Ontem soltei um: “só em 2013 agora…” e minha mãe disse assim: “está pertinho!”. E ela tem razão. Vamos reformular, buscar o TRI e o nosso acesso à B. É como sempre digo, merecer, nós não merecemos, mas ninguém vai deixar de ser Santa Cruz por isso. Já estamos calejados não é, meu povo? A tristeza ficou ontem. Assim como tantas outras. Fui dormir péssima, mas aqui estou, firme e forte. Futebol não é para ser um problema em nossas vidas, é para ser um lazer. Dormiu, acordou? Agradeça a Deus por mais um dia e bola pra frente.

Fica o vídeo… mais uma vez…

Noite Ilustrada – Volta Por Cima (1962)

Saudações Corais!

Autor do post:
Danielle Leal

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

2 Comentários

  • Dayvison Santos

    Sensacional Dani. Você é uma tricolor arretada mesmo! Concordo em gênero, número e grau. Já deu, agradeço a Zé Teodoro pelo avanço, mas ele mostrou um “brio” e uma incompetência que não merecem perdão. Esse ano a Série C foi mudada pra o Santa subir (9 jogos no arruda eram pra ser 27 pontos certos, e o 4º passou com 24). Não existe perder dentro de casa, não existe as substituições que ele fazia, e não existe as improvisações e escalações. Vá Zé e seja feliz em algum outro time, pois no Santa vc cumpriu sua missão (poderia ter cumprido mais uma, mas prefiro nem comentar).

    • andre

      ei goleirao eu sou seu fan