Portuguesa 0x0 SANTOS – Porra, Borges! Porra, Santos!!

POOORRAAA BORGEEEES!!!!!

SAUDAÇÕES ALVINEGRAS, GERALDINOS DA VILA.

Porra Borges! PORRA BORGES! Isso é gol que se perca! No último minuto, caraleo! PORRAAA!!!!!

Pronto, podemos começar.

Novamente, o Santos fez um jogo fraco. Desorganizado taticamente, pouco inspirado individualmente, o Peixe poderia muito bem ter saído com uma derrota. Era só os gajos terem acertado o chute que foi na trave, ou o que o Rafael pegou, e já ficaria muito difícil.

Mas eles não acertaram, e nós chegamos no último minuto da partida empatados. E a bola chegou nos pés do Borges. Livre. Na cara do gol. Sozinho.

PORRA BORGES!

Você pode chegar e falar “ah, não dá pra culpar só o Borges”. Beleza, podia culpar também o Durval, que cabeceou em cima do Dida. Ou até podia culpar o Dida, que pegou a cabeçada do Durval. Podia, mas quero ser justo.

Se o Rafael tivesse defendido tudo o jogo inteiro, mas tivesse frangado, ou falhado, ou deixado alguma bola passar, seria o vilão, e ponto. Se a bola que o Adriano desviou pro contrapé do Rafael e quase entrou no gol tivesse entrado, Adriano seria o vilão. Porque, no futebol, sabemos muito bem que um lance pode definir a partida.

Da mesma forma, se o Borges, que mal apareceu durante a partida, fizesse o gol, era o herói. Ponto. Mas ele perdeu. Na cara. Do jeito que ele não podia perder. Então, sim, neste jogo ele é o vilão.

Pô, eu gosto do Borges. Como não gostar do artilheiro do Brasileirão do ano passado? Que marcou gol de tudo quanto foi jeito? Contra todo mundo que apareceu? Claro que eu gosto do Borges! Mas, cara, na fase que estamos, não estou muito bonzinho não! Não pode perder estes gols, Humberlito!!!

Ok, ok, vamos distribuir um pouco mais a responsabilidade. Neymar, novamente bem marcado, não conseguiu aparecer muito – na hora que apareceu, deixou o Borges na cara e… ah, deixa pra lá -, Ganso, novamente, ficou devendo, não acertou quase nenhum passe decente, apesar de que eu acho que eu vi ele correndo lá pelo meio do primeiro tempo (deve ter sido impressão minha), e o time como um todo foi uma bagunça. 

Tentando ser justo, acho que o Elano entrou bem. Se movimentou, buscou um pouco o jogo, bateu bem a falta que resultou no quase-gol do Durval. Enfim, na nossa média, até que foi bem.

Agora, Muricy, tá na hora de fazer alguma coisa! Pelamordedeus, esse time pode jogar mais bola que isso! Colocar Gérson Magrão é de uma temeridade inominável! Põe o Dimba, o Felipe Anderson (é fraco, mas pelo menos joga pra frente), treina passe, treina jogada, sei lá! Capacidade pra isso você tem, eu boto fé!

Bom, lá se vai mais uma rodada sem vitória. Sétima rodada. É nóis e o Atlético-GO. Situaçãozinha feia, heim, vou te contar…

Voltamos à campo só domingo que vem, contra o Grêmio. Time do Zé Roberto, nosso Zé da Vila. Pô, boas lembranças daquele time de 2007. Tomara que ele também tenha estas boas lembranças e não jogue tudo o que ele manja.

Se jogar, vai ser tenso…

Reage Santos! Sai Zica!

E PORRA BORGES, NÃO ME PERDE UM GOL DESSES!

VAI PRA CIMA DELES SANTOS!!!

 

Autor do post:
Danilo Hatori

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

2 Comentários

  • Thiago

    PORRA PRESIDENTE!!! contratar jogadores encostados é d+, ou melhor, catar esses jogadores, pq como ele disse não contratam, tem uma meia duzia que salva ali, o resto, bom o resto está ganhando muito dinheiro e nem correndo esta.

    • Danilo Hatori

      PORRA PRESIDENTE! Como que não faz exame antes de contratar jogador carioca? Não salva um!!!!