Torcida espetacular. Futebol, nem tanto.

Obrigado, torcida.

Nação Tricolor,

Que show ontem nas arquibancadas do Morumbi. Fazia tempo que não me arrepiava tanto com a energia do estádio.

A torcida estava linda, empolgada e apoiando o time 100% do tempo.

O jogo não seguiu a beleza que vinha da torcida. Foi truncado, de muita marcação e poucas chances de gol. O resultado? Justo.

Mais do que o resultado, gostaria de analisar alguns personagens:

Rafael Tolói

Falhou sim, no gol do Flu e o próprio assumiu. Mas fez uma partida monstra. Jogou muito mesmo. Seguro e sério, cortou todos os lances.

Douglas

Não à toa Paulo Miranda virou titular. Todas as jogadas de perigo do Flu, inclusive o gol, partiram do lado direito da nossa zaga. Douglas foi disparado o pior em campo. Foi de dar dó.

Jadson

Jesus. Não foi pior que o Douglas, mas foi muito mal também. Acertou dois ou três passes e, nesses que acertou, criou boas chances. Mas é muito pouco para o nosso camisa 10. Estréia logo, Ganso.

Wellington

Monstro! Monstro! Monstro! Joga demais! Fará muita falta contra o Grêmio.

E de resto, bora pra Libertadores.

Autor do post:
André Chuahy

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post