4 VITÓRIAS, por uma Vaga na Elite do Futebol Brasileiro

Esse é o novo desafio do Leão, pois a vaga na primeira divisão já é questão de tempo para os comandados de Paulo César Carpeggiani. O Vitória está a 4 triunfos da sua grande comemoração de volta a Série A do Brasileirão. O rubro-negro baiano mostrou mais uma vez a sua força, espantou a zebra mineira, e venceu por 3 x 2 , em um jogo que estava perdendo e quase se complica se não fosse a fraca  pontaria do adversário: ” Time grande chega e marca! Eles tiveram apenas duas chances no primeiro tempo e viraram pra cima da gente!”, disse um dos jogadores do Boa Esporte(MG) após o término da etapa inicial no Estádio Manoel Barradas.

Pedro Ken marcou o segundo gol do Leão. (Foto: Eduardo Martins - Agência A Tarde)

Com o triunfo, o time baiano alcançou  53 pontos, contra 46 do Criciúma, vice-líder, que para alegria da galera rubro-negra foi derrotado pelo Goiás por 1×0, fora de casa. O Goiás também soma 46 pontos e está na terceira colocação. O quarto colocado é o Atlético-PR, que goleou o CRB por 4×1, e soma 43 pontos –mesma pontuação do São Caetano, que venceu o América-MG por 5×2, fora de casa.

No duelo contra o Boa, o Vitória  sofreu um gol logo aos 9 minutos, quando Petros abriu o placar. No entanto, o time baiano virou ainda na etapa inicial. Aos 36 minutos, Gilson deixou tudo igual. Seis minutos depois, Pedro Ken marcou o segundo, numa cobrança de falta. No segundo tempo, Elton marcou aos 2minutos. O Boa ainda diminuiu com Vanger, aos 18minutos.

O Leão volta a atuar no próximo Sábado contra o Guarani, às 16 horas, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).   O Leão tem se mostrado um visitante indigesto e já venceu muitos jogos esse ano longe de Salvador, mas dessa vez, se vencer ficará apenas a 3 jogos de conseguir a sonhada vaga na elite do futebol Brasileiro em 2013.

Vai pra cima, Leão!

Autor do post:
Jorge Sacramento

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

1 Comentário

  • Spínola

    Essa conversa de que o Gabriel deu bobeira no lance que originou o primeiro gol do Boa Esporte não faz parte de meu entendimento.

    Gabriel Paulista foi estupidamente empurrado para fora do campo, desequilibrou-se, e o jogador do Boa serviu-se do lance sob vistas grossas do juiz e deu assistência a seu companheiro de equipe que fez o gol.

    Relativamente ao segundo gol do BOA foi outra aberração do juiz e bandeira em não marcar o impedimento de 2 ou 3 metros avançados. Dois gols ilegítimos e quanto aos três pontificados pelo Vitória, de bela feitura, e verdadeiramente lícitos.

    hillcume@gmail.com