Adeus, Carpê!

Foram 32 jogos com 19 vitórias, sete empates e apenas seis derrotas, mas não o suficiente para manter Paulo César Carpegiani no comando do time Rubro-Negro. O técnico foi desligado do clube na manhã deste domingo (21), após a derrota por 2×0, contra o Atlético – PR, no Barradão.

 

Após a saída de Paulo César Carpegiani, Ricardo Silva comandará o Leão até o fim da Série B.

Contestado pela queda de rendimento do Vitória no segundo turno, Carpegiani entrou em consenso com a diretoria leonina e deixa o clube na 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Segundo o diretor de futebol, Raimundo Queiroz, os últimos resultados negativos estavam trazendo um mal-estar no elenco.

‘’Fomos procurados por Carpegiani com uma preocupação muito grande com os fatos que vinham acontecendo. Na conversa chegamos à conclusão que a melhor forma seria a mudança. Geralmente o trabalho em grupo acaba gerando um certo desgaste. Esse desgaste acabou se tornando notável e isso estava prejudicando o trabalho. O desgaste acaba trazendo um prejuízo enorme. Não digo que ele perdeu o grupo, mas tinha o início de um desgaste’’, disse o diretor.

Para o seu lugar, a diretoria do Leão resolveu efetivar mais uma vez Ricardo Silva. O auxiliar técnico trabalhava na beira do campo, enquanto o ex-técnico Rubro-Negro ficava nos camarotes, passando informações do jogo via rádio.

Autor do post:
Flávio Sande

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post