Leão irresistível, campanha incontestável!‏

Olá, leitores do Geraldinos! Tudo bem com todos? Espero que sim, porque eu estou muito bem. Se pensarem numa pessoa feliz devem com certeza pensar em mim, pois ver o Vitória fazendo bonito no campeonato brasileiro, me basta para estampar um belo sorriso e ostentar meu manto rubro-negro pelos quatro cantos de Salvador! Empolgado? Não, não, não, caros colegas, apenas mais confiante! E estou assim porque tenho grandes motivos para tal.

O Leão faz sua melhor campanha em campeonatos nacionais dos últimos anos, e veio de “lá” o Goiás, que há 6 jogos já não sabia o que era perder. Enfrentaríamos o “líder do returno”, uma equipe que ameaçava nossa campanha irresistível e, mesmo assim, não nos abatemos. Embalados pela nossa fiel e fanática torcida, batemos o visitante, que se mostrou um osso duro de roer aqui em Salvador.

E agora?  Agora o Leão segue tranquilo em sua campanha pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Diante de mais de 34 mil dos nossos, a equipe baiana bateu o Goiás por 3×1, no Barradão, pela 26ª rodada. Chegou aos 11 jogos de invencibilidade e segue isolado na liderança. Com o resultado, o time de Carpegiani soma 57 pontos, cinco a mais que o vice-líder Criciúma. Já o Goiás, que vinha de uma série de 3 triunfos consecutivos em 6 jogos de invencibilidade, acabou estacionando na terceira posição, com 49 pontos.

 Élton (duas vezes) e Tartá marcaram para o Leão. Renan Oliveira descontou para os goianos.

Élton Leão irresistível, campanha incontestável!‏

Élton foi um dos principais destaques do time de Carpegiani. (Foto: Eduardo Martins - Agência A Tarde)

Estive presente no Barradão e pude sentir a emoção dos milhares de rubro-negros apaixonados presentes nas arquibancadas do santuário leonino. A equipe mandante não demorou a abrir o placar no Barradão. Com um minuto, o meia Tartá, o Buliçoso, cobrou escanteio no veneno para dentro da área e a defesa verde goiana não afastou. Élton aproveitou a sobra, dominou dentro da área e fuzilou o goleiro Harlei. É festa no Barradão, a cidade toda podia ouvir! É emoção, era o Leão mostrando suas garras, sim! Logo no seu primeiro ataque, com menos de 10 minutos de jogo, o Caldeirão de emoções já cozinhava o Goiás.

E falando nisso, o Goiás ainda tentou uma rápida resposta, mas o destemido Leão se defendendo como um astuto guerreiro, conseguiu conter seu rival até os 15 minutos. O ex-meia do Atlético-MG, Renan Oliveira, veio se aproximando, chegando, chegando e acertou um forte chute de meia-lua, que o goleiro Deola não conseguiu segurar:  1 a 1. Jogo difícil! Goiás empatando! Nos cinco minutos seguintes, o Vitória ainda criou duas chances, mas não conseguiu realmente assustar a defesa esmeraldina.

O jogo tornou-se mais aberto, e entre os 26 e 27 minutos, tanto o time goiano quanto o de Salvador, perderam oportunidades. Com Ricardo Goulart e Michel, respectivamente.  Apesar do jogo aberto, as duas equipes não criaram grandes chances até o fim da primeira etapa, e os times seguiram para o intervalo com o empate por 1 a 1.

Logo no retorno, o Goiás mostrou estar disposto a virar fora de casa. Walter tomou a bola de Fernando Bob e, no lance, o atacante, com passagens pelo Internacional, Cruzeiro e Porto, de Portugal, bateu forte e acertou o travessão de Deola. Para tornar-se mais ofensivo, Carpegiani tirou Bob, que errou na jogada, e colocou o centroavante Dinei.

Com o jogador vindo do banco, o Vitória criou duas importantes oportunidades, mas que serviram apenas para incendiar a torcida no estádio. O gol iria sair apenas aos 25 minutos: Marquinhos, que entrara na vaga de Willie, fez boa jogada pelo lado direito e cruzou para Élton. O centroavante se posicionou e cabeceou cruzado, sem chances para Harlei.

Sete minutos depois, o golpe final: Tartá tabelou com Dinei (“Que beleza!”, diria Galvão Bueno), entrou na área e tocou por cima de Harlei. A bola entrou mansamente no gol esmeraldino, colocando o Vitória com dois gols de vantagem no placar. Alegria, alegria rubro-negra! Jogando bonito vencendo mais uma, e assumindo a ponta com mais autoridade ainda!

Aos 37, depois de dar a assistência, o centroavante, ex-Palmeiras, poderia ter feito o seu, mas mandou em cima de Harlei. No final, o Esmeraldino ainda fez uma pressão, mas parou nas mãos de Deola, que ajudou a garantir o 17º triunfo na Série B do Vitória.

Na próxima rodada, o Vitória enfrentará o Avaí, em Florianópolis, com a intenção de vencer e já buscar a classificação antecipada, restando apenas mais 3 ou 6 pontos de acordo com outros resultados. Já o Goiás, joga novamente fora de casa. A equipe comandada por Enderson Moreira enfrentará o Guaratinguetá, no interior de São Paulo.

Autor do post:
Jorge Sacramento

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post