Matar ou começar a morrer

Começar a comemorar ou a agonizar. Festejar ou correr o risco de amargar mais um ano na segunda divisão. Matar ou morrer! O que era festa total, pode virar trailer de um filme de terror. Essa é a atual situação do Vitória que enfrenta o Joinville, neste sábado (17), às 15h20 (horário de Salvador), na Arena Joinville. A partida decisiva para o rubro-negro é válida pela 37ª rodada da Série B.

 Com um clima ainda conturbado pelas polêmicas das últimas semanas e do revés contra o Guaratinguetá, o Leão preferiu se ausentar de Salvador e resolveu concentrar na cidade de Atibaia – SP. Se a mudança de ares fez bem ao elenco, só teremos a resposta amanhã. Para o zagueiro Gabriel Paulista, o duelo contra o time catarinense está sendo encarado como uma verdadeira final de campeonato, pois a depender do resultado, o time leonino pode garantir o acesso ou deixar o G-4, abrindo passagem para o São Caetano (5º), que está atrás por apenas dois pontos.

‘’A competição chegou a seu momento decisivo e precisamos mais do nunca conquistar pontos nestes últimos jogos. Teremos duas decisões pela frente, a começar pelo duelo contra o Joinville, que no meu conceito é a partida mais importante da temporada, até porque uma vitória nossa e um tropeço do São Caetano garantem nosso ingresso na Série A’’, disse o defensor.

Dispensa de última hora e novidades no time

Para a partida, o técnico Paulo César Gusmão resolveu afastar Uelliton, que além de ser alvo das principais críticas dos torcedores, não vinha agradando ao treinador. No lugar do ex-capitão, entra Fernando Bob. Outra novidade é a volta do meia Willie, que depois de cumprir suspensão automática, volta a vestir a camisa 10 do Leão, tendo ao seu lado o maestro Pedro Ken, que aparece depois de 2 semanas fora do time.

Adversário que terminar campeonato com honra

Se alguém pensou que o Joinville vai apenas jogar para cumprir tabela, se enganou. Segundo o lateral Eduardo, o JEC vai entrar em campo na busca dos três pontos e em manter o retrospecto dentro de casa.

“A gente tem que encarar como uma final. É um jogo bom, contra um time de tradição. Não vamos querer perder o último jogo do Brasileiro na Arena. Vamos buscar a vitória, porque devemos a nossa torcida e aos nossos familiares que estarão presentes no jogo. Temos que fechar o ciclo na Arena muito bem, com dignidade e sorriso no rosto”, afirmou o  lateral.

Para o duelo, o técnico Artur Neto terá três desfalques certos: o atleta Marcinho está lesionado, o zagueiro Mauricio suspenso e por força contratual, o atacante Adaílton, que pertence ao Vitória, não poderá atuar.

O Coelho está na 6ª posição do campeonato com 59 pontos, enquanto o Leão figura na 4ª posição com 69 pontos. No primeiro turno, o Vitória venceu o time catarinense por 2×1, no Barradão.


Ficha técnica:

Joinville x Vitória – Campeonato Brasileiro da Série B – 36ª rodada

Sábado (17), às 15h20 (horário de Salvador).

Local: Arena Joinville, Joinville – SC

Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (FIFA – RJ).

Auxiliares: Paulo César Silva Farias (CBF/MT) e Ramires Santos Cândido (CBF/ES).

Prováveis escalações:

JEC: Ivan; Eduardo, Pedro Paulo, Diego Jussani e Cristian; Glaydson, Leandro Carvalho, Ricardinho e Willian; Aldair e Lima

Téc.: Artur Neto

ECV: Deola; Nino, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gilson; Fernando Bob, Michel, Pedro Ken e Willie; William e Élton.

Téc.: Paulo César Gusmão

Autor do post:
Flávio Sande

Deixe seu comentário

(Obrigatório)
(Obrigatório, Não será publicado)
Notificar por e-mail

Seja o primeiro a comentar este post